Representantes dos aposentados buscam apoio para reajuste de 11,7%

Se aprovado, o reajuste irá beneficiar cerca de nove milhões de aposentados e pensionistas que ganham acima do mínimo

SÃO PAULO – O presidente da Força Sindical e deputado federal do PDT-SP, Paulo Pereira da Silva junto com os líderes dos aposentados, buscarão apoio dos parlamentares para aprovação da emenda ao Orçamento, que prevê reajuste de 11,7% para os aposentados que ganham acima do salário mínimo.

Os lideres participarão de duas reuniões nesta quarta-feira, umas às 16h com o líder do PSD, Guilherme Campos, e outra às 17h, com o líder do PMDB, Henrique Alves, ambas na Câmara dos Deputados.

Se aprovada, a emenda irá beneficiar cerca de nove milhões de aposentados e pensionistas. “Oferecer este aumento aos aposentados é uma forma de distribuir renda no País e movimentar a economia”, argumentou o presidente da Força Sindical.

PUBLICIDADE

Parlamentares
No último dia 22, o senador Paulo Paim (PT-RS) anunciou que apresentaria emenda à proposta orçamentária para garantir em 2012 um reajuste de cerca de 12% aos aposentados que ganham acima de um salário mínimo.

O aumento sugerido por Paim é equivalente à inflação de 2011, medida pelo INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor), mais 80% do percentual de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) verificado em 2010. Segundo Paim, o reajuste não deve trazer grande impacto à Previdência.