AO VIVO Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Renda per capita média do brasileiro cresce 5,26% em cinco anos

De acordo com estudo, a fonte de renda que mais cresceu no período foi a de programas sociais, com alta de 20,99%

SÃO PAULO – Em cinco anos, entre 2003 e 2008, a renda per capita média do brasileiro cresceu 5,26% em termos reais, passando de R$ 458,00 para R$ 592,00 mensais, segundo revela estudo da FGV (Fundação Getulio Vargas), intitulado Consumidores, Produtores e a Nova Classe Média.

De acordo com o estudo, a fonte de renda que mais cresceu no período foi a de programas sociais (20,99%), seguida pela parcela de renda da previdência vinculada ao salário mínimo (6,64%).

Por outro lado, ao analisar as razões da queda da desigualdade entre os anos de 2001 e 2008, nota-se que a renda do trabalho explica 66,86% da redução; os programas sociais, 17%; os benefícios previdenciários explicam 15,72%; e as transferências privadas, 0,50%.

Faixa de renda

PUBLICIDADE

Na análise por faixa de renda, ainda segundo o levantamento, aumentos no Bolsa Família e de outros programas não previdenciários tendem a beneficiar predominantemente a classe E, que tem 16,25% de seus proventos nesta modalidade de renda.

Já o reajuste previdenciário beneficia mais a classe D, com 12,66% das rendas vinculadas ao piso. Quanto às altas de pensões e aposentadorias acima do mínimo, os beneficiários são, sobretudo, os pertencentes à classe AB, com 18,94% de seus proventos associados a esta fonte.