Renda disponível para consumo quase dobra nas regiões Norte e Centro-Oeste

O total mensal disponível para esses gastos nas localidades fica em R$ 273,18 - enquanto que pela média é de R$ 151,95

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As regiões Norte e Centro-Oeste do País são aquelas onde a população tem maior fatia da renda familiar média livre para o consumo. Conforme levantamento divulgado pela Tendências Consultoria com base na pesquisa Cetelem/Ipsos referente a 2007, o total mensal disponível para esses gastos nessas localidades fica em R$ 273,18 – quase o dobro da média, de R$ 151,95.

“Assim como a renda é diferente entre as classes, o mesmo ocorre com as regiões”, explicou Juliana Fratini, analista que assina o estudo “Governo e mercado influenciam a renda regional”.

Por regiões

Na sequência, no Sudeste a sobra orçamentária média fica em R$ 233,11. Logo atrás vêm Sul e Nordeste. Veja a composição completa, com, também, a renda média brasileira.

Renda total e disponível para consumo
RegiãoTotalDisponível
Norte/Centro-OesteR$ 1.301,28R$ 273,13
SudesteR$ 1.287,79R$ 233,11
SulR$ 879,11R$ 68,73
NordesteR$ 621,45R$ 7,09
BrasilR$ 1.047,23R$ 151,95

Aprenda a investir na bolsa

Fonte: Cetelem/Ipsos – Tendências Consultoria

Confiança do Consumidor

pesquisa realizada pela ACSP (Associação Comercial de São Paulo) em parceria com a Ipsos Public Affairs mostra uma relação entre renda disponível e confiança.

Pela média geral, em março, o INC (Índice Nacional de Confiança do Consumidor) passou de 137 pontos em fevereiro para 142 pontos no terceiro mês de 2008. No topo estão o Norte e o Centro-Oeste, com 156 pontos. Em seguida está o Sudeste, com 150 pontos.

Segundo o estudo, que ouviu mil pessoas em nove regiões metropolitanas do País, o Nordeste está no penúltimo lugar, com 136 pontos. O Sul foi a região considerada menos otimista, com 112 pontos.