Quitando as dívidas: alunos poderão pagar financiamento estudantil com serviço social

PL 7701/06, que permite que até 50% do valor sejam abatidos dessa forma, poderá ser votado na próxima quarta-feira

SÃO PAULO – A Comissão de Educação e Cultura poderá votar, na próxima quarta-feira (23), o Projeto de Lei 7701/06, do ex-senador Eduardo Siqueira Campos, que permite que os alunos amortizem os empréstimos do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) com serviços sociais.

Conforme divulgou a Agência Câmara, a proposta destina 30% dos recursos do Fies para empréstimos que poderão ser pagos – em até 50% de seu valor – com prestação de serviços.

Financiamento vira “estorvo”

De acordo com o autor do projeto, as dificuldades de obter emprego e de alcançar uma estabilidade financeira, após a formatura, tornam o financiamento “um estorvo” para muitos jovens.

PUBLICIDADE

Já o relator do PL, deputado Rogério Marinho (PSB-RN), recomenda sua aprovação com emenda que estabelece como objetivo do serviço social a ser prestado a erradicação do analfabetismo infanto-juvenil, a correção do fluxo escolar e a melhoria na qualidade do ensino.

Outras propostas

Por outro lado, Marinho recomendou a rejeição dos projetos 362/07, do deputado Ribamar Alves (PSB-MA), e 530/07, do deputado Sérgio Brito (PDT-BA), que tramitam apensados à proposta de amortização do Fies com serviços sociais.