Número de empregos formais criados passa de 1,361 milhão no primeiro semestre

De acordo com o Caged, no sexto mês de 2008, foram criados 309.442 empregos com carteira assinada

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No sexto mês de 2008, foram criados 309.442 empregos com carteira assinada. De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quinta-feira (17) pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), no primeiro semestre do ano, o estoque de empregos cresceu 4,70%, o maior saldo registrado no período, o que corresponde à geração de 1,361 milhão de vagas.

Em junho, foi registrado um crescimento de 1,03% no número de contratos formais de trabalho, em relação a maio deste ano. No comparativo com o mesmo mês de 2007, houve aumento de 6,62%.

Crescimento setorial

Na análise mensal, o setor Agrícola, com acréscimo de 92.580 postos (+5,67%), se destacou como dinamizador do emprego com carteira assinada.

Aprenda a investir na bolsa

A lista com o melhor resultado do mês segue com o setor de Serviços, com 73.436 oportunidades de trabalho criadas (+0,62).

Também com destaque no período aparece a Indústria de Transformação, que obteve alta de 52.214 postos criados (+0,72%). Na sequência, vem o Comércio (48.213 vagas e +0,74%).

Análise regional

Segundo os dados do Caged, os estados que mais se destacaram no mês em análise foram São Paulo (+102.726 postos criados), Minas Gerais (+73.660 empregos gerados) e Rio de Janeiro (+17.121).

Em razão do desempenho desfavorável dos setores da Construção Civil e Serviços de utilidade Pública, Roraima foi o único estado que não expandiu o estoque de emprego, apresentando redução de 202 postos de trabalho (-0,75%), no mês de junho.