Número de empregos formais criados no Brasil passa de 206 mil em março

O Caged apontou o melhor resultado já registrado para o mês em toda a série histórica, iniciada em janeiro de 1992

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No terceiro mês de 2008, foram criados 206.556 empregos com carteira assinada. De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quinta-feira (17) pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), este foi o melhor resultado já registrado para o mês em toda a série histórica, iniciada em janeiro de 1992.

Em março, foi registrado um crescimento de 0,70% no número de contratos formais de trabalho, em relação a fevereiro deste ano. No comparativo com o mesmo mês de 2007, o aumento foi de 41%.

Crescimento em todos setores

Na análise mensal, o setor de Serviços, com acréscimo de 89.072 postos (+0,77%), se destacou como dinamizador do emprego com carteira assinada.

Aprenda a investir na bolsa

A lista com o melhor resultado do mês segue com a Indústria de Transformação, com 40.389 oportunidades de trabalho criadas (+0,57%), seguida pela Construção Civil, com 33.437 vagas abertas (+2,09%).

Também com recorde no período aparece o setor Comércio, que obteve alta de 19.594 postos criados (+0,30%). Na seqüência, vêm a Agricultura (15.442 vagas e 1,01%) e a Administração Pública (5.747 e 1,4%).

Análise regional

Segundo os dados do Caged, os estados que mais se destacaram no mês em análise foram São Paulo (+90.582 postos criados), Minas Gerais (+33.021 empregos gerados) e Paraná (+25.085).

No sentido contrário, Alagoas registrou queda (-18.496), além de Pernambuco (-8.682), Paraíba (-3.505), Pará (-1.447) e Sergipe (-29).