Novo salário mínimo permite a compra de 2,04 cestas básicas

Mínimo de R$ 540 significa maior valor real nas médias anuais desde 1986, mas ainda está abaixo do piso necessário no Brasil

SÃO PAULO – O salário mínimo de R$ 540, previsto para o próximo ano, permite a compra de 2,04 cestas básicas, revelou o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) nesta quinta-feira (30).

O cálculo leva em consideração que, em janeiro do próximo ano, o valor da cesta básica seja de R$ 264,61, mesmo valor de novembro de 2010. A relação de 2,04 cestas básicas para um salário mínimo equivale à média do ano de 2009, que foi a maior desde 1979.

O mínimo de R$ 540 está previsto na lei do Orçamento, aprovada na última semana pelo Congresso Nacional. Na terça (29), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que, se depender dele, o salário mínimo em 2011 continua fixado neste valor.

PUBLICIDADE

Valor do mínimo
De acordo com o Dieese, o novo salário mínimo significará o maior valor real nas médias anuais desde 1986.

Ainda assim, ele é bem inferior ao salário mínimo necessário, que foi de R$ 2.222,99 em novembro deste ano.

O salário mínimo necessário é o que segue o preceito constitucional de atender às necessidades vitais do cidadão e de sua família, como moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, sendo reajustado periodicamente para preservar o poder de compra.