Nordeste é a região com maior diferença de gastos entre ricos e pobres

Conforme o IBGE, enquanto que na média Brasil a disparidade nos gastos é de dez vezes, na região a variação é de 11,8 vezes

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Nordeste é a região brasileira com maior desigualdade social: a diferença de gastos entre os mais ricos e os com menores rendimentos é de 11,8 vezes. Esse é um dos pontos abordados pela Pesquisa de Orçamento Familiar 2002-2003, o “Perfil das despesas no Brasil indicadores selecionados”, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística nesta quarta-feira (29).

Na média Brasil, essa diferença é de dez vezes. Para se ter uma idéia, entre a parcela dos nordestinos 10% mais pobres, são destinados R$ 138,19 para pagamento de despesas, por componente familiar. Dentre os 10% da população com maior renda mensal, cada pessoa despende, por mês, R$ 1.628,56.

Estados

Na seqüência de desigualdade está o Centro-Oeste, com diferença de 9,5 vezes: R$ 206,50 por componente com menor renda e quase R$ 2 mil gastos pelos moradores com mais dinheiro. O Estado que puxa a média para cima é Goiás, onde a variação é de 9,4 vezes. A menor disparidade está no Distrito Federal, com 8,1 vezes.

Aprenda a investir na bolsa

As regiões Sul e Norte são as que possuem menor diferença: oito vezes em ambas. Na tabela abaixo, é possível visualizar as despesas médias mensais entre os 10% mais pobres e os 10% mais ricos, de acordo com a localidade:

Orçamento familiar
RegiãoGasto per capita 40% mais pobresGasto per capita 10% mais ricosDiferença
NordesteR$ 138,19R$ 1.628,5611,8 vezes
Centro-OesteR$ 206,5R$ 1.959,879,5 vezes
SudesteR$ 224,86R$ 1.855,658,3 vezes
NorteR$ 155,29R$ 1.244,408 vezes
SulR$ 233,90R$ 1.882,658 vezes

Fonte: IBGE