AO VIVO VP da Raia Drogasil conversa ao vivo com gestor; veja stock picking acontecendo na prática

VP da Raia Drogasil conversa ao vivo com gestor; veja stock picking acontecendo na prática

Minha Casa: das 22,8 mil moradias contratadas, 35% são destinadas à baixa renda

De acordo com a Caixa, serão necessários R$ 142 milhões para construir os 7.827 imóveis destinados a essa faixa de renda

SÃO PAULO – Das 22.812 moradias aprovadas para financiamento da Caixa Econômica Federal, pelo programa Minha Casa, Minha Vida, 34,31% são destinadas às famílias com renda até três salárias mínimos.

As moradias fazem parte das 157 propostas já aprovadas pelo banco, totalizando R$ 1,29 bilhão. Somente para a menor faixa de renda (zero a três mínimos), serão destinadas 7.827 moradias, cujo investimento está orçado em R$ 142 milhões.

65% são destinados à renda acima de três mínimos

Ainda segundo o banco, 44,5% das propostas aprovadas serão destinadas às famílias com renda entre três e seis salários mínimos. O total de investimento para as 10.152 moradias destinadas à essa faixa de renda soma R$ 661 milhões.

PUBLICIDADE

Para a maior faixa de renda do programa, de seis a dez salários mínimos, foram aprovados projetos para 4.833 moradias, que representam 21,19% do total de habitações já aprovadas pela Caixa. Para a construção dessas moradias, serão necessários R$ 487 milhões.

Até o último dia 24, a Caixa recebeu 950 propostas para financiamentos de habitações pelo programa Minha Casa, Minha Vida, orçadas em cerca de R$ 11 bilhões. Dessas, 157 foram contratadas por um valor total de R$ 1,29 bilhão e outras 162 propostas estão em análise.

Baixa renda será a dificuldade

Ainda que o número de moradias destinadas às famílias com renda entre zero e três salários mínimos aprovadas pela Caixa seja maior que o das destinadas à maior faixa de renda do programa (seis a dez mínimos), a quantidade está abaixo da renda média, entre três e seis mínimos.

Para o presidente do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), João Crestana, o desafio do programa habitacional do Governo é justamente atender às famílias de baixa renda.