Metade dos trabalhadores da Região Metropolitana de SP ganha até R$ 700 mensais

Essa faixa de renda gasta 40% do orçamento com despesas básicas e paga 46% do que ganha com impostos

SÃO PAULO – Metade dos ocupados da Região Metropolitana de São Paulo ganhava até R$ 700 mensais em janeiro. A informação faz parte da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), divulgada nesta quarta-feira (28) pela Fundação Seade e pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese).

Esse total apresentou leve queda na análise com dezembro e novembro, quando a mesma quantidade de trabalhadores recebia mensalmente até R$ 707 e R$ 701, respectivamente. Tomando como base janeiro de 2006, houve um aumento, uma vez que esse total de pessoas ganhava até R$ 633.

Gasto

Vale lembrar que estudo publicado recentemente pela Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomercio-RJ), em parceria com o instituto Ipsos, revelou que famílias que ganham até R$ 700 mensais gastam 40% do orçamento com alimentação, higiene e limpeza.

PUBLICIDADE

Com isso, são quase R$ 257 mensais destinados apenas ao consumo básico.

Impostos

Além disso, a população dessa faixa de renda é a mais prejudicada pela incidência de impostos.

Levantamento divulgado recentemente pelo Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Unafisco), com base em dados da Pesquisa de Orçamento Familiar de 2002/2003, mostrou que 46% dos ganhos mensais são para pagamento de impostos. Para aqueles que ganham mais de 30 salários mínimos (R$ 10.500) essa incidência é de 16%.

O motivo é a aplicação de impostos indiretos, que são embutidos no valor final dos produtos. Como a baixa renda consome praticamente tudo o que ganha, acaba pagando mais aos cofres públicos.

Mais para assalariado

Por fim, a pesquisa Seade/Dieese mostrou que o empregado (assalariado) ganha mais que o ocupado(*) em todas as faixas de renda. Analisando os 10% mais pobres, o primeiro grupo ganha até R$ 300 mensais, enquanto o segundo recebe R$ 400 ao mês.

Veja a variação, na tabela abaixo, a média do salário por faixas de renda, separados pelos dois grupos de atividade:

GrupoOcupadoAssalariadoDiferença
10% mais pobresR$ 300R$ 400R$ 100
25% mais pobresR$ 454R$ 520R$ 66
25% mais ricosR$ 1.200R$ 1.219R$ 19
10% mais ricosR$ 2.135R$ 2.200R$ 65


*O grupo de ocupados compreende trabalhadores autônomos, informais, entre outros – inclusive os próprios assalariados