Lupi quer transformar política de valorização do mínimo em lei ainda este ano

Ideia é aprovar a lei o mais rápido possível, para garantir uma política de aumento real do salário mínimo que seja constante

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, se colocou à disposição para negociar, ainda este ano, a transformação da MP (Medida Provisória) sobre a política nacional de valorização do salário mínimo em lei.

“A ideia é aprovar a lei o mais rápido possível, pois ela vai garantir uma política de aumento real do salário mínimo que seja constante, assim como já vem sendo feito no governo Lula, quando os trabalhadores tiveram aumento real de salário de 64%”, comentou Lupi.

O modelo de reajuste do mínimo, garantido por MP assinada pelo presidente Lula, é calculado com base no índice de inflação somado ao resultado do PIB (Produto Interno Bruto).

Aprenda a investir na bolsa

Lupi, que garantiu estar ao lado dos trabalhadores durante a aprovação da lei, não falou em números, porque é preciso ainda que o reajuste seja aprovado no Congresso.

Eleições
O ministro ainda aproveitou o momento para “cutucar” o candidato do PSDB à presidência, José Serra. Durante a campanha, o tucano prometeu elevar o valor do salário mínimo para R$ 600 já no próximo ano.

“Nesta época tem gente prometendo reajuste de salário mínimo, mas é importante explicar que o valor do mínimo em 2011 será definido ainda este ano pelos parlamentares, e será sancionado pelo presidente Lula. Não é viável um candidato prometer reajuste de salário mínimo para 2011, porque o próximo presidente só poderá interferir no salário mínimo de 2012”, disse o ministro.