Jovens: como lidar com o dinheiro e evitar problemas financeiros?

Apesar da pouca experiência, os mais jovens podem aprender a administrar suas finanças e conquistar suas metas

SÃO PAULO – Os problemas financeiros não acometem apenas os adultos. Os jovens também podem enfrentar dificuldades assim que recebem as primeiras remunerações profissionais. 

A orientação do educador financeiro Reinaldo Domingos é que todos estabeleçam uma relação saudável com as finanças o mais cedo possível. Os jovens vão precisar de orientação para poder usar os primeiros ganhos, com objetivo de começar a se planejar e ainda construir o futuro com segurança.

Passo a passo
Portanto, para aproveitar essa fase da vida e já pensar no futuro, Domingos dá algumas dicas. Antes de mais nada, é preciso definir e dividir os sonhos de consumo, em três categorias: de curto prazo (até um ano), médio prazo (até 10 anos ) e de longo prazo (acima de dez anos).

PUBLICIDADE

Definidos os sonhos, o próximo passo é iniciar o planejamento. Para isso, é preciso saber quanto cada sonho custa e calcular o quanto se deve reservar por mês para realizá-los no tempo pretendido. A satisfação de atingir suas metas é o que dá sentido a todo o esforço, planejamento e economia.

Dicas para ajudar os jovens a administrarem bem suas finanças:

1. Ganhos mensais: saiba exatamente quanto ganha por mês (mesada, salário, bolsa de estudos etc.)

2. Gastos mensais: liste todas as coisas com que costuma gastar (transporte, lanche na escola, maquiagem, acessórios, cinema, roupas e sapatos, balada, guloseima, cursos e outros)

3. Observe: por um mês, diariamente, anote cada centavo que gastou com cada uma das suas despesas. Assim, será possível perceber com que se gasta menos e com que se gasta mais.

4. Desejos: pense nos seus três principais desejos, que dependem de recursos financeiros, sendo um de curto, um de médio e um de longo prazo.

PUBLICIDADE

5. Calcule: veja quanto custa cada um deles e calcule o quanto teria que poupar por mês para realiza-los no prazo desejado.

6. Escolhas: com os dados em mãos, subtraia do valor mensal que você recebe o quanto você precisa poupar por mês para conquistar seu sonho. O que sobrar será seu limite mensal para gastar. Será, portanto, preciso fazer algumas escolhas: se a balada é realmente necessária, se as roupas não podem esperar o próximo mês e se você realmente precisa de um celular novo.

7. Cuidados: parcelar é algo que requer atenção. Seja no cartão, no cheque, boleto bancário, é preciso se certificar de que a parcela vai caber no bolso durante todo o tempo do parcelamento.