INSS: trabalhador já pode pedir declaração on-line para agilizar benefício

Mais mudanças estão previstas com a implantação completa, até outubro, de novo sistema de dados da Previdência

SÃO PAULO – Cerca de R$ 80 milhões foram investidos no desenvolvimento do novo sistema que ampliou e modernizou o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Segundo o Ministério da Previdência Social, o objetivo é facilitar a concessão de benefícios e o acesso dos usuários, reduzindo o atendimento nas agências da Previdência Social.

A emissão da Declaração de Regularidade de Situação do Contribuinte Individual (DRSCI), por exemplo, já pode ser feita pela internet desde a última segunda-feira (19). Caso não seja possível a emissão do documento, o sistema informará, na tela do computador, o motivo do impedimento, permitindo à pessoa resolver o problema antes de agendar o atendimento em uma agência da previdência.

Novas ferramentas e serviços

A implantação completa do novo sistema está prevista para outubro. Até lá, serão disponibilizadas, gradualmente, novas informações sobre os segurados especiais, o débito em conta do contribuinte individual, o cadastro de pessoa física e a atualização de informações de vínculos, as remunerações e contribuições.

PUBLICIDADE

Com o novo sistema, o atendimento em agências só será necessário em casos como consulta a declarações que já tenham sido emitidas, de cancelamento de declaração já emitida ou se a emissão da declaração for resultado de decisão judicial.

Desenvolvida pela Dataprev, a tecnologia foi supervisionada pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ao longo de 2008 e incluiu no investimento o desenvolvimento das ferramentas, a aquisição dos equipamentos e a capacitação dos servidores.

Outras medidas

As mudanças, segundo o ministro da Previdência Social, José Pimental, integram uma série de modificações que o órgão está fazendo para melhorar o atendimento aos segurados. A aposentadoria em 30 minutos faz parte dessas mudanças e já está em operação desde o início deste ano.

O tempo de atendimento poderá ser reduzido com as melhorias do sistema. A inclusão de informações na base de dados do CNIS vai garantir o rápido reconhecimento dos benefícios.