Inscrições para concurso da Petrobras são reabertas e vão até 31 de janeiro; veja vagas e salários

Taxa de inscrição é de R$ 62,79; prova será realizada em 24 de março

Equipe InfoMoney

Publicidade

As inscrições para o concurso público, com 916 vagas de nível técnico da Petrobras, foram reabertas. Elas haviam sido temporariamente suspensas na primeira semana de janeiro para modificação no sistema de inscrições e terminarão às 18h (horário de Brasília) de 31 de janeiro.

A companhia decidiu ampliar de 19 para 40 o número de cidades onde as provas objetivas serão aplicadas, incluindo as capitais de todos os 27 estados do país. Com a expansão, a plataforma em que as inscrições do concurso são realizadas precisou ficar fora de operação de 3 a 7 de janeiro para o ajuste e a inclusão das novas cidades entre as opções no momento da candidatura.

Além dos novos inscritos, os candidatos que já se cadastraram para o concurso também poderão alterar o local de prova até o término das inscrições, no dia 31. O município selecionado para realizar a prova não está vinculado ao município da vaga na qual o candidato concorre.

Download Gratuito

Guia Onde Investir 2024

Descubra as melhores oportunidades para lucrar e se proteger em 2024

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Segundo Jean Paul Prates, presidente da Petrobras, o objetivo da ampliação dos locais de prova é a democratização do acesso ao concurso de abrangência nacional, aumentando a possibilidade de que candidatos de diferentes regiões do Brasil possam se inscrever.

A taxa de inscrição é de R$ 62,79 e a prova será realizada em 24 de março 2024. Para saber mais sobre requisitos de formação para cada área e a quantidade de vagas por cidade, basta consultar o edital do processo neste link.

O concurso

O concurso ofertará 916 vagas com salário inicial mínimo de R$ 5.878,82. Haverá ainda 5.496 vagas para cadastro de reserva.

Continua depois da publicidade

Serão selecionados profissionais de nível técnico nas áreas de:

Não é exigida comprovação de experiência profissional. A quantidade de postos de trabalho, requisitos de formação, locais de prova e distribuição regional podem ser consultadas no edital.

O processo seletivo será organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos (Cebraspe) e terá validade de 18 meses, podendo ser prorrogado por igual período uma vez, a critério da Petrobras.

Inclusão

Pela primeira vez, a empresa realiza um concurso público com 20% das vagas reservadas para pessoas com deficiência (PCD). A cota supera o limite mínimo de 5% que determina a lei. O certame reserva também 20% dos postos para negros, conforme determina a legislação.

Os candidatos que forem contratados terão direito a benefícios específicos para pessoas com deficiência. Se estiverem em regime administrativo, por exemplo, poderão optar por teletrabalho cinco dias por semana. Além disso, os que dependam de cuidados profissionais específicos recebem reembolso de auxílio cuidador.

A reserva de vagas para PCD acima do que determina a lei se soma a outras iniciativas de inclusão da Petrobras, como a meta de ter 25% de pessoas negras e 25% de mulheres em cargos de liderança até 2030.

Além da reserva de vagas, a Petrobras implementou outras ações nesse concurso para facilitar o acesso de pessoas com deficiência. Uma delas é o aumento da validade do laudo que atesta a deficiência para 36 meses – o prazo anterior era de 12 meses.

A pessoa com deficiência também poderá, de acordo com a sua necessidade, solicitar adaptações razoáveis e/ou fornecimento de tecnologias assistivas no dia das provas. O concurso tem com distribuição regional das lotações.

(Com informações da Agência Brasil)