Inflação: 41% dos brasileiros acreditam que ela irá aumentar

Percentual no início do governo Dilma é o maior desde março/09 e está no mesmo patamar do começo do governo Lula

SÃO PAULO – Um total de 41% dos brasileiros acreditam que a inflação irá aumentar daqui para a frente, revelou o Datafolha nesta terça-feira (22).

A fatia dos que esperam alta da inflação é a maior desde março de 2009, quando 48% diziam aguardar uma alta de preços.

Os dados mostraram ainda que a expectativa de alta da inflação no ínicio do governo Dilma Rousseff está no mesmo patamar da verificada no começo do mandato de Luiz Inácio Lula da Silva (44%), mas acima das perspectivas no início do governo de Fernando Henrique Cardoso (51%).

O levantamento foi realizado entre os dias 15 e 16 de março deste ano, com 3.767 pessoas de 179 municípios.

Expectativas
Uma grande parcela da população brasileira, mais precisamente 42%, acredita que a inflação vai ficar como está, enquanto que 13% acreditam que ela irá diminuir e 4% disseram não saber.

Quando analisado por faixa de renda familiar mensal, entre aqueles que recebem até cinco salários mínimos, 40% acreditam que a inflação irá aumentar, percentual que sobe para 47% entre os que ganham de cinco a dez salários mínimos e volta a cair para 38% entre os que ganham mais de dez mínimos.

Em relação à faixa etária, 39% daqueles entre 35 e 44 anos acreditam que a inflação irá aumentar, a menor parcela registrada, enquanto entre aqueles com 60 anos ou mais a parcela é de 44%, a maior identificada.