EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em carreira / gestao-e-lideranca

Os bilionários que mais ganharam dinheiro em 2017, segundo a Forbes

Os 10 maiores bilionários acrescentaram um total de US$ 204 bilhões às suas contas bancárias neste ano

Jeff Bezos - CEO Amazon
(Gus Ruelas/Reuters)

SÃO PAULO - O bilionário que mais ganhou dinheiro em 2017 foi Jeff Bezos, CEO da Amazon e o homem mais rico do mundo. Segundo a Forbes, Bezos agregou US$ 33,8 bilhões à sua fortuna ao longo deste ano, graças à valorização das ações da companhia. 

Organizada com base na análise de dois mil bilionários, a lista considerou o período de 1º de janeiro a 14 de dezembro de 2017. Os 10 maiores bilionários acrescentaram um total de US$ 204 bilhões às suas contas bancárias, contra US$ 74,7 bilhões em 2016. 

Confira, abaixo, os bilionários que mais lucraram em 2017:

1. Jeff Bezos

Ganhos em 2017: US$ 33,8 bilhões

Patrimônio: US$ 98,6 bilhões

As ações da Amazon subiram mais de 60% desde o começo do ano, chegando a subir 13% em um único dia. Em julho, Bezos ultrapassou Bill Gates pela primeira vez e se tornasse o homem mais rico do mundo. 

2. Hui Ka Yan

Ganhos em 2017: US$ 27,4 bilhões

Patrimônio: US$ 36,5 bilhões

O bilionário chinês viu sua fortuna praticamente quadruplicar em 2017. Dono do grupo imobiliário Evergrande Group, que possui propriedades comerciais e residenciais em mais de 200 cidades ao redor da China, Yan deve seu sucesso financeiro a um aumento de 400% da ação da companhia. 

3. Bernard Arnault

Ganhos em 2017: US$ 23,6 bilhões

Patrimônio: US$ 63,9 bilhões

O CEO da LVMH ganhou grande parte de sua fortuna com as ações de Christian Dior e, em abril, Arnault e sua família anunciaram a compra do restante das ações que eles não possuem. Além disso, desde o começo do ano, as ações já subiram 52%. 

4. Mark Zuckerberg

Ganhos em 2017: US$ 23,6 bilhões

Patrimônio: US$ 72 bilhões

O CEO do Facebook viu sua fortuna decolar em 2017 com a valorização de quase 60% das ações da companhia, graças ao aumento de publicidade mobile. 

5. Ma Huateng

Ganhos em 2017: US$ 21,8 bilhões

Patrimônio: US$ 44,3 bilhões

O bilionário chinês e CEO da Tencent Holdings, empresa por trás do app de mensagens instantâneas mais popular da China, o WeChat, viu suas ações subirem mais de 100% neste ano. 

6. Mukesh Ambani

Ganhos em 2017: US$ 18 bilhões

Patrimônio: US$ 41,1 bilhões

Ambani retornou ao ranking deste ano graças à alta de mais de 65% no preço das ações de sua companhia, a Reliance Industries, que tem se beneficiado com o crescimento das margens no setor petroquímico. 

7. Carlos Slim Helu e família

Ganhos em 2017: US$ 15,3 bilhões

Patrimônio: US$ 65,1 bilhões

Apesar do preço da companhia de telecomunicações de Carlos Slim, o homem mais rico do México, tenham recuado em novembro de 2016, a companhia conseguiu se recuperar em 2017, apresentando bons resultados. Slim também é dono de 17% do New York Times, que teve o seu melhor ano desde 2013.

8. Yang Huiyan

Ganhos em 2017: US$ 14,8 bilhões

Patrimônio: US$ 22,8 bilhões

A mulher mais rica da Ásia viu sua fortuna praticamente triplicar em 2017, graças ao bom ano para o mercado imobiliário chinês. Neste ano, as ações de sua companhia, a Country Garden Holdings, subiram 201%. 

9. Larry Ellison

Ganhos em 2017: US$ 13,3 bilhões

Patrimônio: US$ 61 bilhões

O fundador da Oracle viu as ações de sua companhia subirem 30% entre 1º de janeiro e 14 de dezembro de 2017.

10. Francois Pinault e família

Ganhos em 2017: US$ 12,5 bilhões

Patrimônio: US$ 27,3 bilhões

Donos do grupo internacional de mercado de luxo Kering, o bilionário e sua família comandam a famosa casa de leilão Christie's, assim como outras marcas de luxo como Gucci, Stella McCartney, Alexander McQueen e Saint Laurent. Em 2017, as ações da Kering subiram 80%. 

Contato