Em 2008, 31,9 milhões de brasileiros eram empregados com carteira assinada

Quantidade de empregados com carteira assinada cresceu 71%, em 2008, em relação ao ano anterior

SÃO PAULO – A quantidade de empregados com carteira assinada cresceu 7,1% entre 2007 e o ano passado, atingindo 31,9 milhões de pessoas. Dessa forma, foram registrados 2,1 milhões de funcionários a mais do que em 2008.

Em 2007, os empregados que trabalhavam formalmente somavam 31,1% da população ocupada, percentual que, em 2008, subiu para 34,5%. Essas informações constam na Pnad 2008 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada nesta sexta-feira (18) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Por região

A região Norte teve aumento de 2,1 pontos percentuais (20,9% para 23,0%) no emprego com carteira assinada. No Sul, o crescimento foi de 1,6 ponto percentual (37,2% para 38,8%) e no Sudeste, de 1,4 ponto percentual (42,2% para 43,6%).

PUBLICIDADE

Por outro lado, no País, houve redução do percentual dos trabalhadores por conta própria, de 21,2% em 2007 para 20,2% em 2008.

Faixa etária e setor de atuação

Entre 2007 e 2008, houve redução da ocupação para as faixas até 20 anos, enquanto para as idades compreendidas entre 20 anos e 59 anos ou 60 anos ou mais, o nível de ocupação cresceu no período.

A maioria dos ocupados estava empregada no setor agrícola e no comércio e repartição, ambos com 17,4% cada. Já na indústria, o índice foi de 15,1%.

Na comparação entre 2007 e 2008, o setor de construção teve o maior crescimento de pessoal ocupado (14,1%). Em contrapartida, a participação de pessoas ocupadas no setor agrícola caiu 2,6% neste período.