Política

Deputados e senadores deixam de receber 14º e 15º salário

Benefício pago aos parlamentares foi criado pela Constituição de 1946, quando a capital federal ainda era o Rio de Janeiro

SÃO PAULO – Na última quarta-feira (27), o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o fim do 14º e do 15º salários recebidos por deputados e senadores.

De acordo com o PDS (Projeto de Decreto Legislativo), 71/2011, de autoria da senadora licenciada, atualmente ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT-RR), a ajuda de custo para os parlamentares passa a ser paga somente no primeiro e no último mês de mandato dos deputados (quatro anos) e de senadores (oito anos).

Segundo informações da Agência Senado, a medida já havia sido aprovada pelo Senado em maio do ano passado, sendo que agora vai a promulgação.

PUBLICIDADE

Ajuda de Custo
O benefício pago aos parlamentares foi criado pela Constituição de 1946, quando a capital federal ainda era o Rio de Janeiro. A ajuda de custo era justificada pela necessidade de os parlamentares terem de se mudar, com suas famílias, para a capital, no início e no final de cada ano, medida hoje desnecessária, com a evolução dos meios de transporte.