Mais emprego

Construção registra abertura de 13,7 mil novas vagas em setembro

SindusCon-SP revela que no acumulado dos últimos 12 meses foram contratadas 31,5 mil pessoas

SÃO PAULO – O emprego na construção civil do País registrou alta de 0,40% em setembro, frente a agosto deste ano. O número de novas vagas com carteira assinada atingiu 13,7 mil oportunidades. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (25) pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e faz parte de uma pesquisa realizada em parceria com a FGV Projetos.

No acumulado dos últimos 12 meses foram contratadas 31,5 mil pessoas (expansão de 1,02%). Já no período de janeiro a agosto, o setor empregou mais 247,9 mil trabalhadores (crescimento de 7,81%). Em 2011, o setor havia contratado 298,5 mil trabalhadores (+10,55%).

“Embora a desaceleração no ritmo de crescimento persista, o número de novos postos de trabalho formais criados pela construção brasileira até setembro, de cerca de 248 mil, ainda é expressivo. Já no Estado de São Paulo, com a queda em setembro, voltamos ao patamar de criação de novos empregos, existente até julho, de 45 mil empregos com carteira assinada”, afirma o presidente da entidade, Sergio Watanabe.

PUBLICIDADE

Brasil
Com as novas contratações, a construção brasileira empregava até o final de setembro 3,422 milhões de trabalhadores com carteira assinada. Destes, cerca de 1,723 milhão de trabalhadores da construção civil se concentravam na região Sudeste do País, sendo seguidos pelos profissionais do Nordeste (727,6 mil); Sul (478,5 mil); Centro-Oeste (275,8 mil) e a pela região Norte (216,2 mil).

Contudo, quando avaliado o número de novas oportunidades, a região Nordeste foi a que mais se destacou: 6.062 trabalhadores foram admitidos, o que representa uma variação 0,84% no comparativo mensal. A região Centro-Oeste, entretanto, foi a que menos contratou, como é possível observar na tabela a seguir:

Emprego por Regiões do Brasil
RegiãoVariação MensalNúmero de Vagas
Fonte: SindusCon-SP
Norte1,23%2.628
Nordeste0,84%6.062
Sudeste0,30%5.105
Sul0,17%827
Centro-Oeste-0,34%-929
Brasil (Total)0,40%13.693

São Paulo
O estudo apontou também as oportunidades de trabalho geradas no Estado de São Paulo. De acordo com o levantamento, 2,7 mil trabalhadores foram admitidos em setembro, frente ao mês anterior. A alta equivale a um aumento de 0,34% no total de contratações. Os dados revelam ainda que em setembro, o índice de contratados com carteira assinada no Estado era de 861,3 mil trabalhadores.

Das 10 regiões pesquisadas, seis registraram queda no nível de emprego: São Paulo (0,12%); Santo André (10,6%); Campinas (0,62%); Ribeirão Preto (0,80%); Santos (1,06%), e Bauru (0,54%).