Balanço

Construção registra abertura de 12,7 mil novas vagas em agosto

Segundo o SindusCon-SP, emprego na construção civil do País teve alta de 0,37% frente a julho deste ano

SÃO PAULO – O emprego na construção civil do País registrou alta de 0,37% em agosto, frente a julho deste ano. Para se ter uma ideia, o número de novas vagas com carteira assinada atingiu 12,7 mil oportunidades. A informação foi divulgada nesta terça-feira (25) pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e faz parte de uma pesquisa realizada em parceria com a FGV Projetos.

No acumulado dos últimos 12 meses, foram contratadas 223 mil pessoas (expansão de 7,77%). Já no acumulado do ano, referente ao período de janeiro a agosto, o setor empregou mais 234,2 mil trabalhadores (crescimento de 7,38%). Em 2011, o setor havia contratado 267 mil trabalhadores (9,44%).

“A desaceleração no ritmo de criação de novas vagas mostra que a expansão da atividade da construção continua, embora em um ritmo mais moderado. Em pequena parte, esse ritmo de crescimento mais contido também resulta de incremento na produtividade, fruto de investimentos em treinamento”, afirma o presidente da entidade, Sergio Watanabe.

PUBLICIDADE

Brasil
Com as novas contratações, a construção brasileira empregava até o final de agosto 3,408 milhões de trabalhadores com carteira assinada. Destes, cerca de 1,7 milhão de trabalhadores da construção civil se concentravam na região Sudeste do País, sendo seguidos pelos profissionais do Nordeste (721,5 mil); Sul (477,7 mil); Centro-Oeste (276,7 mil) e a pela região Norte (213,6 mil).

Contudo, quando avaliado o número de novas oportunidades, a região Sudeste foi a que mais se destacou: 6.214 trabalhadores foram admitidos, o que representa uma variação 0,36% no comparativo mensal. A região Norte, entretanto, foi a que menos contratou, como é possível observar na tabela a seguir:

Emprego por Regiões do Brasil
RegiãoVariação MensalNúmero de Vagas
Fonte: SindusCon-SP
Norte0,45%964
Nordeste0,39%2.775
Sudeste0,36%6.214
Sul0,30%1.433
Centro-Oeste0,48%1.315
Brasil (Total)0,37%12.701

São Paulo
O estudo apontou também as oportunidades de trabalho geradas no Estado de São Paulo. De acordo com o levantamento, 1,2 mil trabalhadores foram admitidos em agosto, frente ao mês anterior. A alta equivale à um aumento de 0,14% no total de contratações. Os dados revelam ainda que, no oitavo mês do ano, o índice de contratados com carteira assinada no Estado era de 862,5 mil trabalhadores.

“No período, o emprego no setor registrou crescimento mais expressivo em São José dos Campos (+823 trabalhadores), na capital (+742) e em Bauru (+216)”, informa o Sinduscon-SP, que afirma ainda que, no acumulado do ano, o setor contratou 46,2 mil trabalhadores no Estado de São Paulo.