Construção civil cria mais de 150 mil vagas nos quatro primeiros meses do ano

Setor fechou abril com 152,4 mil novos trabalhadores em todo o país, no primeiro quadrimestre de 2008

SÃO PAULO – A construção civil brasileira contratou 152,4 mil novos trabalhadores em todo o país nos primeiros quatro meses de 2008, na comparação com o total de trabalhadores registrados no final de dezembro de 2007, o aumento do nível de emprego foi de 8,3%.

De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (12) pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo), o setor fechou abril empregando 38,6 mil pessoas, uma variação positiva de 2% na comparação com março.

Resultados regionais

De acordo com os dados do sindicato, todas as regiões do País registraram elevação nos postos de trabalho no quarto mês deste ano, em relação ao mês anterior. O destaque fica para o Centro-Oeste, que obteve alta de 3,2%, com a criação de 4,8 mil vagas.

PUBLICIDADE

O Norte, após três meses de queda, voltou a apresentar crescimento e teve alta de 1,3%.

São Paulo

Considerando o nível de emprego na construção no Estado de São Paulo, a pesquisa aponta um incremento de 9,4% no primeiro quadrimestre, ou 48,9 mil vagas a mais.

Houve elevação no nível de emprego em todas as regiões do Estado, destacando-se Sorocaba, com a geração de 1.425 postos de trabalhos.

Vale destacar ainda São José dos Campos, onde 1.230 pessoas foram contratadas em abril, o que representa alta de 2,57% em relação ao terceiro mês do ano. Em Campinas, a abertura de 188 empregos causou um crescimento de 0,33%, na mesma base comparativa.

Na capital paulista, por sua vez, foram criadas 6,6 mil vagas, com a região apontando alta de 2,5% sobre março. No quadrimestre, o crescimento foi de 9,7%, com a criação de 24,1 mil postos de trabalho.