RADAR INFOMONEY AO VIVO Balanços de Petrobras, Vale, Bradesco, Ambev e PDA vêm acima do esperado, mas qual surpreendeu mais?

Balanços de Petrobras, Vale, Bradesco, Ambev e PDA vêm acima do esperado, mas qual surpreendeu mais?

Construção civil abre 45 mil vagas somente em agosto e surpreende setor

Segundo pesquisa do SindusCon e da FGV, o resultado superou expectativas e mostra que as empresas retomaram projetos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O emprego na construção civil do País fechou agosto com saldo positivo. De acordo com a pesquisa mensal do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e da FGV Projetos, foram criadas 45 mil vagas para trabalhadores com carteira assinada no oitavo mês do ano. Este é o melhor saldo mensal de emprego desde dezembro de 2000 e surpreendeu o setor.

“Esperávamos recuo no emprego no segundo semestre pela redução de lançamentos imobiliários no início do ano”, diz o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe. Para ele, os novos números invertem para otimista a perspectiva das empresas neste ano. Frente a julho, o número de empregos cresceu 2,03%. Com o resultado, o setor alcançou 2,26 milhões de empregados formais. No acumulado do ano a alta foi de 8,44% e de 5,24% nos últimos 12 meses.

Ainda segundo Watanabe, os números refletem o aumento da confiança do consumidor e o fortalecimento de todos os segmentos da construção civil. Além disso, ele credita ao programa habitacional do Governo, “Minha Casa, Minha Vida”, o fato do setor estar aquecido. “As empresas começaram a retomar projetos de expansão adiados pela crise internacional”, afirmou.

Brasil

Aprenda a investir na bolsa

O levantamento também revela que, em agosto, o nível de emprego no setor da construção cresceu em todas as regiões do País, sendo que o Norte registrou a maior variação positiva, de 3,51%, com a contratação de 3.727 trabalhadores, conforme a tabela abaixo:

RegiãoVariação MensalNúmero de Vagas
Norte3,51%3.737
Nordeste3,01%11.924
Sudeste1,77%21.848
Sul1,50%4.623
Centro-Oeste1,64%2.790
Brasil (Total)2,03%44.922

Fonte: Sinduscon-SP

Em São Paulo

Ainda segundo o SindusCon-SP, somente no estado de São Paulo, o número de empregos cresceu 1,72% em agosto, frente a julho (+10.863 trabalhadores). Neste ano, a indústria paulista contratou 49.550 trabalhadores com carteira assinada – a expansão frente aos oito primeiros meses de 2008 é de 8,36%.

Nos últimos 12 meses, a expansão foi de 7,21%. O número de empregados do setor paulista fechou agosto com 642 mil trabalhadores. Somente na capital paulista, 5.713 foram admitidos no oitavo mês do ano, um crescimento de 1,86% frente a julho.

Considerando as regiões do estado, a que mais abriu vagas foi a capital, porém, a que teve a maior alta percentual foi Presidente Prudente, que obteve incremento de 6,34% em agosto. Por outro lado, Ribeirão Preto e Santos registraram retração em agosto, de 0,23% e 0,03%, respectivamente.

RegiãoVariação MensalNúmero de Vagas
São Paulo1,86%5.713
Santo André1,66%479
Campinas2,15%1.350
Ribeirão Preto-0,23%-79
Santos-0,03%-6
Sorocaba0,92%613
São José dos Campos2,28%1.369
Bauru2,33%534
São José do Rio Preto2,52%410
Presidente Prudente6,34%480

Fonte: Sinduscon-SP

PUBLICIDADE