Carreira

Como responder a pergunta favorita do Facebook em entrevistas de emprego

Não é de surpreender que muitas empresas estejam tomando emprestadas as práticas de entrevista da gigante de mídia social para encontrar ótimos funcionários

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Uma das perguntas mais comuns feita pelos recrutadores do Facebook vazou e ficou famosa: “Quando chega em casa e pensa ter o melhor emprego do mundo no fim do expediente, o que você fez nesse dia?”. Como respondê-la da melhor maneira? 

A empresa de Mark Zuckerberg é uma das empregadoras mais procuradas atualmente. Isso se deve a fatores como alto engajamento, demanda e retenção dos funcionários. Mesmo com as ações do Facebook tendo passado por um mês muito turbulento, a empresa continua sendo uma das empregadoras mais populares do Vale do Silício.

Por isso, não é de surpreender que muitas empresas estejam tomando emprestadas as práticas de entrevista da gigante de mídia social para encontrar ótimos funcionários. “Saber como responder essa pergunta e suas variações deve ser uma tarefa dos profissionais que estão buscando emprego”, afirma consultora de carreira e autora de livros Suzy Welch ao CNBC.

PUBLICIDADE

Ao contrário das perguntas da entrevista que se concentram em identificar suas técnicas, essa consulta tenta “descobrir o que você gosta de fazer”.

E Welch explica que deve responder de forma honesta esta pergunta. Segundo ela, a chave é mesclar suas habilidades e paixões, e tudo bem elas serem diferentes.  Ela diz que, ao fazer essa pergunta, “todo recrutador sabe que pode haver uma lacuna entre a paixão de uma pessoa e seu conjunto de habilidades”. Sempre tem algo que deixa você mais empolgado e algumas tarefas que às vezes você não gosta tanto, mas executa muito bem. 

Você nunca deve simplesmente dizer o que acha que um gerente de contratação gostaria de ouvir. Em vez disso, ela sugere ser transparente com seu entrevistador sobre as coisas que o empolgam, seja “analisar os números, conquistar um cliente difícil ou treinar um colega por meio de uma tarefa difícil”.

“Ser honesto sobre o que você adora fazer não diminui as habilidades que você tem. Na verdade, ficar entusiasmado com o que você adora fazer pode torná-lo um candidato melhor, mais arredondado e mais real”, explica. 

A lógica dessa honestidade para esse é o tipo de pergunta pode ajudar você a refletir e entender uma série de outros questionamentos em entrevistas de emprego, mesmo se não forem no Facebook.  

Quer investir melhor seu dinheiro? Abra uma conta na XP.