Brasileiros estão satisfeitos com atual situação da renda

ICF apontou que 57,7% das famílias brasileiras entrevistadas alegaram viver satisfeitas com a renda atual. Resultado anterior era de 56%

SÃO PAULO – Os brasileiros estão satisfeitos com a renda atual, de acordo com o ICF (Índice de Intenção de Consumo das Famílias), divulgado pela CNC (Confederação Nacional do Comércio).

Em outubro, o item classificado como “Renda Atual” registrou alta de 2,4%, atingindo 147,2 pontos, o mais alto patamar já observado na pesquisa.

Dos 7 itens que compõem a base de análise do ICF, a satisfação com a renda ocupou o segundo posto na pontuação mais elevada, sendo superada apenas por “Compras a prazo”.

PUBLICIDADE

O indicador de renda posicionou-se na frente de itens como “Perspectiva profissional”, “Emprego atual”, “Perspectiva de consumo”, entre outros.

Composição
No geral, 57,7% das famílias brasileiras entrevistadas alegaram viver satisfeitas com a renda atual. Na pesquisa anterior, esse percentual era de 56%.

De acordo com a CNC, essa alta é motivada, principalmente, pela população com rendimentos abaixo de 10 salários mínimos (+2,7%), enquanto que, entre os mais abastados, não houve mudanças inexpressivas neste quesito (+0,6%).

A população de menor renda beneficiou-se ainda com o comportamento atrativo dos preços, ao qual são mais sensíveis. Por outro lado, a remuneração real do trabalho, tomando-se como base o acumulado do ano, cresceu 6%.

Regional
Todas as regiões no Brasil aferiram resultados positivos, com exceção da Sudeste, que apresentou queda de 0,2% em outubro.

De acordo com a pesquisa, o restante das áreas registraram avanços que oscilaram entre 0,8%, como o caso do Centro-Oeste, e 14,9%, a exemplo do Sul.