[Braduni] Emprego novo? Calcule salário e despesas na ponta do lápis!

Conquistar a tão sonhada oportunidade de trabalho gera muita empolgação; porém, é preciso pesar prós e contras!

Aprenda a investir na bolsa

Você foi aprovado no processo seletivo e está prestes a iniciar uma nova etapa em sua carreira. Tanto para quem está conquistando sua primeira oportunidade de trabalho, quanto para os que simplesmente estão mudando de emprego, é natural que a empolgação sempre tome conta.

Diante disso, é preciso cautela! Antes de firmar o compromisso com a empresa, aceitando a proposta de trabalho, você precisa pesar prós e contras. É certo que o cenário lhe parece lindo e promissor, mas… que tal experimentar colocar tudo na ponta do lápis?

Atenção ao seu bolso

Para quem está começando, toda oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos na faculdade é bem-vinda. Por isso, a remuneração em alguns casos não recebe a atenção que merece, por parte dos candidatos à vaga. Mas pense: até que ponto seus pais têm condições de investir em sua formação, cobrindo suas despesas?

Aprenda a investir na bolsa

Por isso, verifique com atenção quais as condições de remuneração oferecidas pelo seu futuro empregador: o salário cobrirá suas despesas?

Na ponta do lápis

Faça uma experiência: coloque em uma planilha o valor do salário proposto. Um aviso: considere o ganho líquido, ou seja, descontada a contribuição à Previdência Social, o Imposto de Renda e outras possíveis deduções.

Pronto. Agora você tem sua receita “real”. Agora, em outra coluna, liste seus gastos: mensalidade da faculdade, financiamento do carro, seguro, aluguel e até mesmo as despesas com “a balada” no fim de semana. Relacione tudo!

Para os que moram com os pais e são mantidos financeiramente por eles, muita calma! A proposta aqui não é de você passar, a partir de agora, a arcar com todas as suas despesas, mas sim que comece a contribuir com alguma quantia e a participar mais do orçamento da família. Nada mais justo, certo?

Já os que são independentes financeiramente sabem bem o quanto precisam ter o controle do orçamento para a realização de seus objetivos. A remuneração proposta lhe garantirá esta meta?

Benefícios

Para compor a sua planilha bem próxima à realidade, outra informação é importante:
a empresa fornece benefícios, como convênio médico, vale-refeição e vale-transporte?

PUBLICIDADE

Em caso negativo, você precisa ponderar todos os gastos que terá: para se deslocar ao trabalho e para se alimentar, por exemplo. Considere a distância: você mora longe do local de trabalho? Terá que ir direto para a faculdade após o emprego? Assuma então a necessidade de duas refeições fora de casa por dia.

Planeje seu futuro

Com os resultados em mãos, é hora de pesar tudo com a máxima atenção. Afinal, é do seu futuro profissional que estamos falando, o fator que lhe garantirá a tão sonhada estabilidade financeira um dia…e por que não começar agora?

Há oportunidades de crescimento na empresa? O ambiente é agradável? Você colocará mesmo em prática o que tem estudado, ou seja, esta é mesmo a sua área?

Analise tudo com cautela. Nos dias de hoje, não são comuns os casos de profissionais que podem optar por “pagar por trabalhar”, ou seja, assumir custos altos para colocar em prática o que aprendem na faculdade.

Seja qual for o seu caso ou sua escolha, avalie tudo com muita atenção. Boa sorte!