Bom momento da construção civil aumenta demanda por profissionais de condomínio

Há falta de profissionais na área, pois eles são procurados na construção civil e também no setor de hotelaria

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O momento da construção civil no País é favorável. Em junho, o emprego no setor avançou 1,12%, ante o mês anterior, o que equivale à contratação com carteira assinada de mais de 30.067 pessoas.

Com o aumento da construção de imóveis, cresce também a procura por profissionais que atuem no segmento de condomínio. O problema é que muitos deles estão sendo demandados na construção civil. “Vivemos um acentuado aquecimento no mercado. Hoje, a construção civil contrata muitos profissionais, de forma que os condomínios acabam ficando sem uma parte dessa mão-de-obra”, afirma o diretor comercial da GS Terceirização, Amilton Costa.

Segundo ele, existe um efeito cascata nessas contratações, como, por exemplo, os hotéis, que demandam inúmeros profissionais de segurança. Dessa maneira, os condomínios acabam passando por uma verdadeira escassez de talentos. Esse cenário significa bons salários àqueles que tiverem interesse em atuar em condomínios. 

Aprenda a investir na bolsa

Vantagens
As principais ofertas de emprego em condomínios são para profissionais de portaria, zeladoria, limpeza e segurança. Costa destaca que essa é uma oportunidade para quem procura uma estabilidade, carteira assinada, entre outros benefícios.

“Esse pode ser o primeiro passo, pois o condomínio é o segmento que mais dá oportunidade aos trabalhadores. Com o passar do tempo, você acaba evoluindo profissionalmente”.

Um salário médio de um zelador, por exemplo, pode variar entre R$ 1,4 mil até R$ 3 mil. No caso de o profissional ser contratado para assumir uma posição de gerência, essa cifra pode subir para mais de R$ 4 mil.

“É um mercado em ascensão que, além de dar crescimento, ainda contempla o funcionário com a moradia. Quem chega nessa área apresentando boa formação, além de cursos técnicos, é bem avaliado”, observa o diretor.

Futuro
O executivo projeta para o segundo semestre desse ano, apenas em São Paulo, um crescimento na contratação de 16% a 18% do que em igual período do ano passado.

No início de 2010, afirma, haviam 50 mil postos no estado paulista. Ainda que o interior tenha registrado altos índices, é a capital que puxa a fila de contratações, especialmente as regiões Sul e Oeste da cidade.

PUBLICIDADE

Características
De acordo com diretor comercial da GS Terceirização, os condomínios buscam zeladores que tenham ensino fundamental e formação técnica completa. O profissional precisa ainda ter conhecimentos de hidráulica, elétrica, além de possuir no currículo cursos de liderança e zeladoria. Comunicação é fundamental, bem como dicção e visão. É exigido mínimo de dois anos de experiência.

“Outro requisito fundamental para os profissionais de condomínio é a confiança, pois existe a necessidade de tomar cuidado com os maus profissionais. Se não forem bem escolhidos, podem comprometer a segurança dos condôminos”, finaliza o executivo.