RADAR INFOMONEY Veja como os analistas avaliam os impactos do ressurgimento de casos de Covid nas bolsas e na economia

Veja como os analistas avaliam os impactos do ressurgimento de casos de Covid nas bolsas e na economia

Aumento no salário de admissão ajudou trabalhador a manter o consumo, diz Lupi

O ganho real no salário médio foi de 26,65%, no período de 2003 a 2009, de acordo com dados do Caged

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ganho real do trabalhador brasileiro no salário médio de admissão ajudou o mercado interno a manter o nível de consumo durante a crise econômica, segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.

De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o ganho real foi de 26,65%, no período de 2003 a 2009.

Em 2003, o valor médio do salário do trabalhador que entrava no mercado de trabalho era de R$ 640,30. Já no ano passado, o salário médio de admissão chegou a R$ 780,56.

Aprenda a investir na bolsa

“O segredo do Brasil ter vencido a crise foi o ganho real do salário de admissão do trabalhador. Todas as categorias tiveram reajuste acima da inflação. Isso fez com que uma parcela majoritária da população mantivesse recursos para continuar consumindo durante a crise”, afirmou Lupi, nesta terça-feira (13).

Setores
A Administração pública direta e autárquica foi o setor que registrou maior aumento do salário de admissão nos último sete anos, com crescimento de 56,14% acima da inflação. Em seguida, vêm a Agropecuária, com 47,32% de aumento, e a Construção Civil, com 34,63%. Nenhum dos setores da economia registrou ganho real inferior a 20%.

O salário de admissão na administração pública direta e autárquica passou de R$ 803,95 em 2003 para R$ 1.277,13, no ano passado. A indústria extrativa mineral aparece com o segundo melhor salário de admissão (R$ 1.211,73). Em terceiro lugar, está o setor de Serviços industriais de utilidade pública, com R$ 851,52.

Nenhum dos setores registrou salário de admissão inferior a R$ 610, próximo ao valor médio do salário de admissão de 2003, que era de R$ 616,29.