Aos 14 anos, 60% dos alunos de baixa renda já atingiram a escolaridade da mãe

Pesquisa mostra que o número cai para 10% quando considerados os alunos de famílias de renda mais elevada e de escolas particulares

SÃO PAULO – Mais da metade dos alunos com 14 anos de idade, da rede pública e de famílias com renda até R$ 463, já atingiu a escolaridade da mãe, aponta pesquisa realizada pelo Todos Pela Educação com apoio da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Esse número cai para 25%, para os alunos com famílias com renda superior a R$ 1 mil. Quando comparado aos alunos da rede privada de ensino, o percentual cai ainda mais, para 10%.

“O que explica o fato de os filhos ultrapassarem a escolaridade de seus pais muito mais cedo para aqueles que estudam na rede pública é a baixa escolaridade de seus pais. E estes pais são aqueles que apresentam menor renda”, explica a diretora-executiva do Todos Pela Educação, Priscila Cruz.

PUBLICIDADE

Brasil
No geral, considerando todas as rendas e as redes de ensino, no Brasil, 51,54% dos jovens com 14 anos já atingiram a escolaridade das mães.

Destes jovens, 71% cursavam, em 2009, uma das três últimas séries de Ensino Fundamental e 9,5% estavam no Ensino Médio.

Os dados mostram uma baixa escolaridade das mães dos alunos desta idade, que em sua maioria têm apenas até o Ensino Fundamental e apresentam uma média de escolaridade de 7,32 anos.