Abrir conta em banco pode exigir do cliente sua inscrição na Previdência Social

Proposta estimula a contribuição de autônomos, informais e rurais, que muitas vezes não percebem a necessidade da participação

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A abertura de uma conta em banco pode ser vinculada ao fornecimento do número de inscrição no Regime Geral de Previdência Social ou no Regime Próprio dos Servidores Públicos. A idéia partiu do deputado federal Durval Orlato (PT-SP), que encaminhou para o Congresso o Projeto de Lei 7038/06.

De acordo com o texto, estão dispensados dessa obrigatoriedade apenas os aposentados e pensionistas; estudantes que recebem recursos de bolsas de estudo; integrantes de famílias beneficiadas por programas sociais públicos; e um dos cônjuges na abertura de conta conjunta de pessoa física.

Prazo

Como a lei entra em vigor apenas no ano seguinte ao dia de sua publicação, os bancos terão 360 dias para adaptar as contas já abertas à nova legislação.

Aprenda a investir na bolsa

Para Orlato, a idéia deve estimular a contribuição ao INSS, já que os trabalhadores autônomos, informais e rurais muitas vezes não percebem a necessidade dessa participação.

O parlamentar lembra que esses profissionais, muitas vezes sem direito a receber is benefícios da aposentadoria, acabam passando por dificuldades quando ficam doente ou sofrem algum acidentes de trabalho.

Tramitação

O projeto tramita nas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania em caráter conclusivo.