Conteúdo editorial apoiado por

Por que o estádio do Corinthians foi escolhido para receber o jogo da NFL em SP?

CEO da Effect Sport, agência da NFL no Brasil, conta os detalhes do processo que fez a Neo Química Arena ser escolhida como o estádio do duelo entre Packers e Eagles

Equipe InfoMoney

Publicidade

A partir do momento que a cidade de São Paulo foi escolhida para receber o histórico primeiro jogo da NFL na América do Sul, começou outra corrida: decidir qual dos estádios da cidade receberia a partida. Após a liga analisar as condições das arenas, o vencedor foi a Neo Química Arena, no bairro de Itaquera, zona leste paulistana. Em entrevista ao “Negócios do Esporte”, o CEO da Effect Sport, agência da NFL no Brasil, conta o que fez o estádio do Corinthians ser escolhido.

“A NFL visitou vários estádios e o do Corinthians foi o que pontuou melhor, por ter algumas características que a liga procura. Uma delas é ter área no entorno para fazer ativações. Outro ponto positivo foi o tamanho do campo, que precisa de mais espaço atrás do gol”, diz Pedro Rego Monteiro ao novo programa do InfoMoney dedicado aos impactos do esporte nos negócios e nos mercados.

Mas o que o Corinthians ganha ao sediar o jogo? Apesar de não revelar números, Monteiro diz que o clube terá outros ganhos além do valor que irá receber pelo aluguel de sua arena. “Foi uma negociação muito positiva. Ela envolve outros ativos, como a divulgação do clube no exterior, por exemplo. Mas, financeiramente, o torcedor do Corinthians pode ficar tranquilo porque a negociação foi muito proveitosa”, diz o CEO da Effect Sport.

Continua depois da publicidade

Para assistir a esses e outros trechos da conversa com Pedro Rego Monteiro, assista à entrevista completa neste link.