Conteúdo editorial apoiado por

Nosso sonho é ter um jogo todo ano no Brasil, diz CEO de agência da NFL no país

Na estreia do programa “Negócios do Esporte”, Henrique Esteter recebe Pedro Rego Monteiro, CEO da Effect Sport, para falar sobre o histórico jogo da liga de futebol americano em São Paulo

Equipe InfoMoney

Publicidade

“Se tivesse um estádio para 1 milhão de pessoas, me arrisco a dizer que a gente colocaria 1 milhão de pessoas para assistir ao jogo”. Essa é a avaliação de Pedro Rego Monteiro, CEO da Effect Sport, agência responsável pela expansão da NFL no Brasil. A frase chega na semana em que os ingressos do histórico primeiro jogo da liga no Brasil, foram vendidos em questão de horas, algo que nem mesmo a NFL esperava.

“Seriam três dias de pré-venda, mas ela durou menos de três horas – só não durou trinta minutos porque demora um pouco o processo de compra. Em algum momento, eram 150 mil pessoas na fila online. Era uma demanda que a gente imaginava, mas que a NFL não acreditava que seria tanta”, disse Monteiro na estreia do “Negócios do Esporte”, novo programa do InfoMoney sobre a influência do setor nos negócios e nos mercados.

O duelo entre Green Bay Packers e Philadelphia Eagles vai acontecer em 6 de setembro, no estádio do Corinthians, em São Paulo.

Continua depois da publicidade

Para Monteiro, a capital será invadida por fãs de futebol americano – e não apenas do Brasil. “Além da demanda nacional, tem muita gente que vem de fora. Milhares de americanos, fãs de América do Sul toda, com caravanas vindas da Colômbia, Paraguai e Argentina, por exemplo”.

Sonho

Monteiro considera a partida como um catalisador da NFL do país, expandindo a base de fãs da liga, além do número de patrocinadores e parceiros. “Mais pessoas estão ouvindo falar de NFL, tendo um primeiro contato com a NFL. É imensurável os benefícios que um jogo da liga traz para o esporte ao acontecer no Brasil”, afirma.

O grande sonho do CEO da Effect é que esse fenômeno ocorra muitas outras vezes a partir de agora no Brasil – e não só uma vez por ano: “Nosso sonho é ter um jogo todo ano, e eventualmente até ter mais de um jogo”, diz Monteiro.

Continua depois da publicidade

Para assistir a esses e outros trechos da conversa com Pedro Rego Monteiro, assista à entrevista completa no player acima.