Conteúdo editorial apoiado por

Foxconn vê 2024 ‘um pouco melhor’, mas alerta sobre escassez de chips de Inteligência Artificial

Empresa taiwanesa é maior montadora de iPhone e maior fabricante terceirizada de componentes eletrônicos do mundo

Reuters

Publicidade

A empresa taiwanesa Foxconn, maior montadora de aparelhos iPhone da Apple (AAPL34) e maior fabricante terceirizada de componentes eletrônicos do mundo, espera que seus negócios neste ano sejam “um pouco melhores” do que no ano passado, mas alega enfrentar uma escassez de chips para servidores de Inteligência Artificial.

“Nós nos saímos muito bem no ano passado, embora tenhamos tido uma baixa contábil bastante grande no primeiro trimestre”, disse o presidente da Foxconn, Liu Young-way, neste domingo (4), referindo-se a uma baixa contábil relacionada à sua participação de 34% na fabricante japonesa de eletrônicos Sharp.

“Quanto às perspectivas para este ano, acho que podem ser um pouco melhores do que no ano passado”, disse Liu aos repórteres durante a festa anual dos funcionários da empresa em Taipei. Em novembro, a Foxconn disse que tinha uma perspectiva “relativamente conservadora e neutra” para 2024.

No ano, as ações da empresa caem 2,4%.

A procura por servidores de inteligência artificial (IA) será “certamente” grande, mas a incerteza econômica global, dados os problemas geopolíticos, afetará a procura de produtos de consumo, acrescentou. “Um [segmento de mercado] será bom, mas muitos outros, não.”

A Apple divulgou na quinta-feira (1º) crescimento nas vendas do iPhone e receita e lucro acima das expectativas de Wall Street, mas seus negócios na China têm enfrentado dificuldades e decepcionaram.

Os resultados confirmaram as preocupações de alguns analistas de que o produto que é o carro-chefe da empresa esteja perdendo terreno no principal mercado asiático, onde os consumidores estão comprando telefones dobráveis e equipamentos da Huawei, equipados com um chip fabricado na China.

Leia também:
Apple faz atualização para ampliar segurança do iPhone e dificultar ‘vida do ladrão’
Investidores têm euforia com Meta, otimismo com Amazon e desânimo com Apple

O presidente da Foxconn disse que a capacidade de produção de chips para servidores é limitada, mesmo com forte demanda. “Quando se trata de acompanhar a demanda, talvez seja necessário criar novas fábricas”.

Formalmente chamada de Hon Hai Precision Industry Co Ltd, a Foxconn divulgará os lucros do quarto trimestre no próximo mês, quando também atualizará suas perspectivas para 2024. Os dados de vendas de janeiro serão revelados amanhã, segunda-feira (5).

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.