Blog InfoMoney

Segunda opinião

Em blogs / economia-e-politica / segunda-opiniao

Não entendeu o mercado ontem? "Efeito Levy" de 2015 explica bem; relembre

Ibovespa acabou fechando em queda de 0,63%, aos 52.894 pontos e o dólar operou em alta

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

Celson Placido XP Investimentos
(XP Investimentos)

Muitos investidores acreditavam que o índice Bovespa fecharia em forte alta ontem, dia 18/04, após a decisão favorável ao impeachment na Câmara dos Deputados, mas não foi isso o que ocorreu, pelo contrário, o Ibovespa acabou fechando em queda de 0,63%, aos 52.894 pontos e o dólar operou em alta. Quais as razões?

O Dólar fechou em alta, muito por conta, pra variar, da interferência do Banco Central no mercado, conforme o gráfico abaixo:

O dólar abriu em forte queda, sendo negociado a R$ 3,4783, na mínima logo na abertura às 9:01, porém, com a intervenção do Banco Central, chegou a atingir a máxima às 10:05, conforme o gráfico acima, sendo negociado a R$ 3,6173, uma alta de 4% da mínima à máxima do dia em apenas 1 hora de negociação. Demonstrando o quanto a interferência do Banco Central vem afetando o desempenho da moeda norte-americana.

Voltando a falar sobre a Bolsa, o mercado tem o efeito de antecipar eventos, sejam eles bons ou ruins. Só para lembrar, em 2015, o então ministro da Fazenda, Joaquim Levy teve um efeito positivo no mercado, quando o Ibovespa atingiu 58 mil pontos, dia 05/05, conforme o gráfico abaixo:

E por que o Ibovespa atingiu 58 mil pontos em 2015 se o cenário era extremamente desafiador e se confirmou?

Houve uma melhora da percepção de risco dos investidores em relação ao Brasil, com os estrangeiros dando o benefício da dúvida e “comprando Bolsa”. Naquele momento, o então ministro Joaquim Levy, que vinha mostrando as necessidades de ajustes fiscais, mesmo com a economia em recessão, a expectativa era de que o governo conseguiria reverter o cenário extremamente desafiador.

O final disso tudo todos já sabem, o país perdeu o grau de investimentos, o ministro Joaquim Levy foi substituído e estamos passando pela pior recessão da história. Em 2015 o PIB apresentou queda de 3,8% e este ano de 2016 esperamos uma queda ainda mais profunda, na casa de 4,3%.

E qual foi a reação do mercado ?  

Muitos já haviam precificado a probabilidade de aprovação do Impeachment da presidente Dilma pelos deputados, conforme o gráfico abaixo:

O gráfico acima representa a evolução do Ibovespa este ano. E a partir de março o índice começou a apresentar uma melhora no desempenho, já elevando a probabilidade de impeachment. Após a votação de ontem, os investidores já analisam os próximos passos:

a) Quanto tempo o Senado poderá demorar para aprovar ou não o Impeachment e afastar a presidente?

Entre 2 semanas até 4 semanas. Bastante tempo para quem opera no mercado no curto prazo.

b) Em caso de aprovação do impeachment, Temer terá que montar um governo de “coalização”. O que ele oferecerá?

Com diversos deputados apoiando e votando a favor do impeachment, o que o atual vice-presidente oferecerá? Fica a dúvida aqui.

c) Equipe Econômica

Qual a equipe que poderá ser anunciada? São esperados nomes técnicos para o Ministério da Fazenda e para o Banco Central, com diversos rumores. Se o PMDB assumir, precisará sim de nomes técnicos e não políticos nesses cargos.

d) Em relação ao “Ponte do Futuro”, será que conseguirão implementar?  E se sim, quanto de todo o projeto?

Esse é outro ponto interessante. O projeto do “Ponte do Futuro” tem excelentes pontos, mas conseguirão aprova-los? Mais uma incerteza.

e) Mais um ponto relevante – Querem cortar ministérios. Mas se precisam de apoio, leia-se aliados, quanto terão que ceder?

Tudo isso pra dizer que diversas incertezas existem. Aliado a isso, por fundamentos o Ibovespa está negociando a múltiplos elevados, quando analisamos P/E (Valor de Mercado/Lucro Projetado) e nesse caso o índice está negociando a 13,5x P/E dos próximos 12 meses. Abaixo o gráfico de 5 anos do Ibovespa, mostrando que estamos próximos ao nível mais elevado em 5 anos, atingiu em 2015, aos 58 mil pontos, como mencionamos acima.

Assim, para o índice apresentar um desempenho positivo e o dólar operar em queda, precisamos sim que os questionamentos desse texto sejam respondidos, reduzindo assim as incertezas que hoje ainda existem. Mercado precificou o impeachment na Câmara, agora teremos os próximos passos.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

 

perfil do autor

InfoMoney Blogs

Celson Placido

Quer dicas exclusivas?

Preencha os campos abaixo e receba dicas e conteúdos exclusivos do blog Segunda opinião

Contato