É possível juntar R$ 1 milhão até os 40 anos investindo com disciplina

Especialistas mostram que isso não é tão difícil se investir a quantidade correta nos locais que mais se adequam ao perfil do investidor
Por Arthur Ordones  
a a a

SÃO PAULO - Atingir R$ 1 milhão e ter tempo e saúde para aproveitar o dinheiro é um sonho que quase todos têm, mas que muitos consideram impossível. No entanto, especialistas mostram que se tornar milionário até os 40 anos é algo possível, desde que se tenha disciplina e consiga montar uma carteira que se adeque ao seu perfil de investimento. Manter a frequência das aplicações e começar o quanto antes também é fundamental, caso contrário, o valor investido precisaria ser bem mais elevado.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

De acordo com a consultora financeira Eliana Bussinger, se a pessoa começar a juntar dinheiro com 20 anos, é possível atingir o primeiro milhão aos 40 com quantias mensais dentro da realidade de muitas pessoas, seja em um investimento conservador, moderado ou agressivo.

Segundo cálculos da consultora, realizados a pedido do InfoMoney, usando como base um retorno de, em média, 6% ao ano (0,5% ao mês) em investimentos conservadores, como a poupança,  CDBs ou Tesouro Direto, o investidor conseguiria atingir a décima casa decimal em sua conta bancária com aplicações mensais, ao longo dos 20 anos, no valor de R$ 2.153,54.

Já em investimentos moderados, como os Fundos Multimercado e os Fundos de Ações, com um retorno médio de 8% ao ano (0,66% ao mês), as aplicações mensais cairiam para R$ 1.686,48, porém, com um risco um pouco maior.

Em relação a um investimento considerado agressivo, como a compra direta de ações, com um retorno médio de 12% ao ano (1% ao mês), o investidor teria que aplicar R$ 1.000,85 por mês, entre os 20 e os 40 anos. Porém, nesse caso, a consultora reforça: “apesar do retorno médio também ser maior, nunca podemos esquecer que o risco do mercado acionário é muito superior a qualquer outro, portanto, nesse caso, apesar do investimento mensal ser bem abaixo, o retorno não é garantido, podendo haver até prejuízo. É preciso conhecer e entender para aplicar em ações”.

Aplicações mensais entre os 20 e 40 anos

Investimentos Aplicação Mensal Rentabilidade Média Anual
Conservador R$ 2.153,54 6%
Moderado R$ 1.686,48 8%
Agressivo R$ 1.000,00 12%

Cuidado: “juntar R$ 1 milhão não significa ser milionário”
De acordo com o educador financeiro e sócio da Mais Ativos, Álvaro Modernell, muita coisa mudou de uns anos atrás para cá. Afinal, antes era mais fácil viver de renda. “Antigamente, com R$ 1 milhão aplicado você vivia de renda, mas hoje em dia é preciso de, no mínimo, R$ 5 milhões para ter o padrão de vida de um milionário e poder viver de renda.”

Segundo ele, como o valor para viver de renda se tornou muito elevado, o melhor investimento hoje ainda é o trabalho, pois, sem ele, o dinheiro (mesmo que seja R$ 1 milhão) um dia termina. “Com essa taxa de juros baixa e essa tributação cada vez maior, o melhor negócio é investir em trabalho e em novos negócios, pois só assim que é possível se tornar um milionário. Antes, com bem menos que isso você já juntava o primeiro milhão, com renda. Os investimentos ofereciam um rendimento de 30%, 40%, 50% ao ano, mas hoje, além de ser necessária uma aplicação mensal, como foi explicado pela consultora, sem correr muito risco é muito difícil conseguir mais que 10%. Se você não aplicar o valor da tabela todos os meses durante os 20 anos, você não irá chegar ao seu objetivo, ou seja, é preciso de muito trabalho e disciplina”, concluiu.

Correção pela inflação
Também é importante lembrar que daqui a 20 anos, o poder de compra de R$ 1 milhão vai ter caído consideravelmente, por conta da inflação no período. Por isso, uma dica é aumentar o valor dos aportes periodicamente, de acordo com a inflação.

Considerando uma inflação no centro da meta (4,5% ao ano) nos próximos 20 anos, o investidor teria que juntar, no mínimo, R$ 3 milhões para poder comprar as mesmas coisas que seriam compradas hoje por R$ 1 milhão, de acordo com Eliana.

Deixe seu comentário