Em mercados

“A questão é: quando a guerra vai eclodir?”, diz Coreia do Norte sobre ameaças dos EUA

Coreia do Norte acusa os americanos de quererem provocar uma guerra na Península Coreana

SÃO PAULO - Em meio a grandes exercícios militares conjuntos dos Estados Unidos e Coreia do Sul e as ameaças dos EUA de uma guerra preventiva, a Coreia do Norte acusou os americanos de quererem provocar uma guerra na Península Coreana.

"Os comentários negligentes de guerra do círculo interno do presidente americano Donald Trump e os movimentos militares temerários dos EUA corroboram que o atual governo decidiu provocar uma guerra na Península Coreana", disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores norte-coreano à agência estatal KCNA.

“A questão que permanece agora é: quando a guerra vai eclodir?” disse o porta-voz. “Nós não desejamos uma guerra, mas não devemos nos esconder dela, e se os EUA calcularem mal nossa paciência e detonarem uma guerra nuclear, nós certamente faremos com que os Estados Unidos paguem as consequências com nossa poderosa força nuclear que temos consistentemente fortalecido.”

Os comentários ocorrem em meio à realização das manobras aéreas anuais de Washington e Seul "Vigilant ACE", as maiores até o momento. A tensão na Península da Coreia aumentou nos últimos meses, após o último teste nuclear norte-coreano em setembro e os lançamentos de mísseis balísticos, o mais recente e mais avançado na semana passada. 

Kim Jong-un
(DPR)

Contato