Radar: acompanhe algumas das principais oscilações na bolsa nesta quinta-feira

Ibovespa estende perdas da véspera, ações da Queiroz Galvão despencam, enquanto Vale consegue suspensão de tributos
Por Edilaine Felix  
a a a

SÃO PAULO -  O Ibovespa iniciou o pregão desta quinta-feira (15) em queda e registra perdas de 0,55% nesta tarde, para 67.884 pontos, após ter tido um pregão bastante instável na véspera. No radar dos agentes, a ata do Copom (Comitê de Política Monetária), referente à reunião que cortou a taxa básica de juro em 0,75 ponto percentual, para 9,75% ao ano, sinalizando que o ciclo de redução da Selic deve continuar. 

Nos Estados Unidos, os principais índices acionários operam no campo positivo. Os investidores mostram-se confiantes na recuperação econômica do país, principalmente após a divulgação de indicadores. O índice de preços ao produtor em fevereiro mostrou alta de 0,4% em fevereiro e ficou abaixo das expectativas, assim como os pedidos de auxílio-desemprego.

OSX recebe proposta de financiamento de R$ 1,8 bi
A OSX Brasil (OSXB3, R$ 17,05, +4,92%) recebeu propostas de financiamento do Bradesco e do Itaú BBA, no valor total de R$ 1,8 bilhão pelo prazo de dois anos e disponível para saque em até 12 meses. Além disso, a compahia reiterou o compromisso de realizar, se necessário, um aumento de capital de US$ 1 bilhão por meio da opção de subscrição de ações.

Queiroz Galvão pretende iniciar teste em Santos
A Queiroz Galvão (QGEP3) informou nesta quinta-feira que pretende iniciar em 2014 um TLD (Teste de Longa Duração) nos campos de Atlanta e Oliva, na Bacia de Santos. Por sua vez, a produção de gás no campo de Manati está a plena capacidade, atingindo cerca de 6 milhões de metros cúbicos médios diários. Ainda nesta data, a companhia reportou um lucro líquido consolidado de R$ 23,9 milhões no quarto trimestre, mais que o dobro do mesmo período de 2010. 

Após as informações, as ações do braço petrolífero da companhia estão em queda de 17,70%, cotadas a R$ 12,83. 

Marfrig e JSL finalizam tratativas
A Marfrig (MRFG3, R$11,96, +2,13%) e a JSL (JSLG3, R$11,19, -4,36%) decidiram finalizar as tratativas sem conseguir chegar a um denominador comum quanto à transferência do segmento de logística do frigorífico à empresa de transportes. As duas podem vir a avaliar parcerias no futuro, referente à gestão logística e de centros de distribuição.

Vale consegue suspensão de tributos
A Vale (VALE3, R$ 42,82, +1,23%; VALE5, R$41,59, +1,19%) obteve decisão favorável em medida cautelar no STJ (Superior Tribunal de Justiça) para suspender os efeitos da decisão do TRF2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região), que determinava a tributação sobre os lucros das coligadas e controladas da mineradora no exterior e poderia chegar a cerca de R$ 30 bilhões.

B2W pagará multa, mas continua a operar
Após ter sido proibida pela Fundação Procon de São paulo de comercializar produtos nos sites Americanas.com, Shoptime e Submarino, além de multa de R$ 1,74 milhão, na noite da véspera, o juiz da 7ª Vara de Fazenda Pública, aceitou o pedido liminar requerido pela B2W (BTOW3, R$9,69,+,062%) e suspendeu os efeitos da decisão do Procon-SP, que determinava a suspensão dos sites da empresa.

Assuntos relacionados: Ações Balanços Brasil Copom EUA Ibovespa Multas

Deixe seu comentário