Em mercados / acoes-e-indices

Veja a lista completa das empresas que terão mais lucro com corte da Selic

Teste de sensibilidade do BTG Pactual mostra ranking das empresas que devem ver maiores aumentos nos lucros a cada corte de 100 pontos-base na Selic.

SÃO PAULO - Quem acompanha o blog O Investidor de Sucesso já conheceu em junho do ano passado as 5 maneiras como a queda da Selic afeta a Bovespa: seja pelo incentivo ao consumo, pela menor atratividade da renda fixa - que acaba “empurrando” investidores para o mercado de ações - ou pelo alívio a empresas muito endividadas, a queda da taxa básica de juros tende a ser muito benéfica para a renda variável.

Embora publicado 6 meses atrás, o texto (que foi feito com base num relatório enviado pelo BTG Pactual aos seus clientes) continua extremamente útil aos investidores. Mas o fato é que neste começo de 2017 o ciclo de queda da Selic já está em curso - nesta quarta-feira (11) a taxa caiu pela 3ª reunião consecutiva - e os atuais 13,75% podem terminar o ano em um dígito.

Diante disso, o BTG "atualizou" os cálculos para mostrar quais as empresas que mais ganharão com o afrouxamento monetário. Para isso, ele fez um teste de sensibilidade de variação do lucro anual das companhias a cada 100 pontos-base do CDI (Certificado de Depósito Interfinanceiro), considerado o "benchmark" para as dívidas tomadas pelas empresas.

Assim como na análise feita 6 meses atrás, a CSN (CSNA3) segue como a grande beneficiária do processo de corte de juros. Segundo o BTG, a cada 100 pontos-base de redução no CDI, o lucro da siderúrgica deve aumentar impressionantes 96%. Essa variação, no entanto, é bem menor do que o calculado em junho de 2016, quando o banco estimava impacto positivo de 152%.

Da análise feita pelo BTG em junho para a atualização publicada agora, a grande novidade da lista é uma varejista: a Marisa (AMAR3) nem figurava entre as 10 empresas mais beneficiadas pelo afrouxamento monetário em junho do ano passado; agora, está em 2º lugar, com um potencial de aumento no lucro de 82%.

Veja abaixo a lista das 10 empresas que mais devem ter aumento nos lucros a cada redução de 100 pontos-base nos juros:

Empresa variação no lucro
para 100 bps de
queda no CDI 
variação esperada
no mesmo indicador
em junho de 2016 
CSN (CSNA3) +96% +152%
Marisa (AMAR3) +82% -*
Restoque (LLIS3) +58% +15%
BR Malls (BRML3) +10% +10%
Iochpe-Maxion (MYPK3) +9% +9%
Light (LIGT3) +7% +24%
São Carlos (SCAR3) +6% -*
Aliansce (ALSC3) +6% +10%
Even (EVEN3) +5% -*
Lojas Americanas (LAME4) +5% -*

*empresa não estava na lista das 10 maiores beneficiárias pelo corte de juros em junho de 2016; Fonte: BTG Pactual

bolsas mundiais
(Shutterstock)

Contato