Em franquias

As 50 maiores marcas de franquias do Brasil

Estudo da ABF mostra o perfil dessas marcas e projeta crescimento para o setor

SÃO PAULO – A Associação Brasileira de Franchising (ABF), que reúne atualmente 1.300 associados e representa 60% do faturamento do setor, divulgou nesta quinta-feira um estudo sobre o perfil das 50 maiores franquias do país. A análise parte apenas daquelas que são associadas.

Nesta edição da pesquisa, destacou-se o segmento de Alimentação, que corresponde a 36% das maiores. Em seguida, aparecem os setores Serviços Educacionais, com 18% das marcas listadas; Moda, com 14% das redes; e Saúde, Beleza e Bem-Estar, que vem apresentando taxas expressivas de crescimento nos últimos anos, com 12% das marcas.

Redes com mais de 10 anos de atuação representaram 68% das maiores franquias, e as lojas físicas se mostraram o formato favorito: 94% das 50 maiores marcas o adotam. Para Claudio Tieghi, diretor de inteligência de mercado da ABF, “embora a diversificação de pontos de venda e estratégias em multicanal venham crescendo, acreditamos que o local físico é um grande concretizador dos valores da marca, da experiência de consumo e do relacionamento com o cliente, por isso sua importância em um mundo cada vez mais digital”.

Projeções

Em 2016, o faturamento do setor deve crescer 8% em relação ao ano anterior, passando de R$ 139,593 bilhões para cerca de R$ 150 bilhões, de acordo com a associação. Para 2017, projeta-se que a receita cresça de 7% a 9%. Em unidades, o setor prevê que tenha havido uma expansão de 3,1% no ano passado, atingindo 142 mil pontos de venda. 

Confira a lista das 50 maiores redes de franquias em operação no Brasil por número de unidades:

O Boticário - Franquia - Negócios
(Divulgação)

Contato