Em eucatex

Com dividendos bloqueados, Eucatex convoca acionistas para adiar pagamento

Em fato relevante divulgado ao mercado, Eucatex explica que prorrogação visa promover sua própria liquidez

Eucatex_tintas
(Divulgação)

SÃO PAULO - O conselho de administração da Eucatex (EUCA3) quer adiar para o final do ano o pagamento de juros sobre capital próprio que estava previsto para hoje, terça-feira (27). O pedido foi feito pela empresa via fato relevante divulgado ontem após o fechamento do pregão, no qual ele convoca uma assembleia com os acionistas para 11 de junho.

"Tal decisão tem como objetivo preservar a liquidez da empresa, em um cenário econômico que se mostra adverso no presente exercício", justifica a empresa da família Maluf.

Ontem, a empresa foi impedida de distribuir R$ 18,3 milhões em dividendos que seriam pagos nesta terça aos acionistas, conforme aprovado em Assembleia Geral Ordinária da empresa realizada em 28 de março. O bloqueio deve-se a uma determinação da 7ª Vara Federal de Execuções Fiscais de São Paulo

Em resposta à BM&FBovespa, que solicitou informações até hoje sobre as providências que estão sendo adotadas a respeito, a empresa disse que foi surpreendida, mas que irá recorrer da decisão. Segundo a Eucatex, a surpresa ocorre em virtude da companhia ter se adiantado e ofertado inúmeras garantias à exequente. 

Contato