Em vale

Brumadinho: Vale pode ser processada no exterior e ter diretoria afastada

Órgãos do governo envolvidos na questão aprenderam com o desenrolar dos processos da tragédia de Mariana e vão aperfeiçoar a atuação nesse caso, coordenando ações e buscando caminhos mais efetivos de responsabilização

rompimento barragem brumadinho vale
(reprodução)

O Ministério Público Federal e do estado de Minas Gerais estão, em conjunto, avaliando processar a Vale (VALE3) também em outros países, como Estados Unidos, onde a empresa tem ações cotadas em bolsa. Autoridades também discutem formas de pedir à justiça o afastamento da atual diretoria da empresa, após o rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais.

A Advocacia-Geral da União e o MPF aguardam informações do inquérito aberto pela Polícia Federal para apurar os responsáveis pelo rompimento da barragem. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, esteve no local da tragédia no fim de semana e a ordem é que a reação seja mais rápida e efetiva do que no caso do rompimento da barragem em Mariana (MG), há pouco mais de 3 anos.

Segundo integrantes do MPF ouvidos pela equipe da XP, os órgãos do governo envolvidos na questão aprenderam com o desenrolar dos processos da tragédia de Mariana e vão aperfeiçoar a atuação nesse caso, coordenando ações e buscando caminhos mais efetivos de responsabilização. Especialistas acreditam que o fato de o número de vítimas ser maior pode alavancar o montante de indenizações, inclusive com eventual novo entendimento da justiça sobre o limite fixado em lei para indenizações trabalhistas.

Dodge se reúne nesta semana com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, em busca de um entendimento para que a justiça priorize os pedidos envolvendo Brumadinho.

Uma das principais dificuldades dos procuradores em desastres como este é isolar a conduta de cada envolvido para determinar qual seria a responsabilidade pessoal do ponto de vista criminal. Na esfera cível, a empresa já teve R$ 11,8 bilhões bloqueados por decisões judiciais. O congelamento de valores é uma forma de garantir que haja recursos para reparar danos ambientais, para custear o socorro às vítimas e pagar indenizações. Acionistas da empresa nos Estados Unidos anunciaram que vão processar a Vale, pedindo indenizações por não terem recebido informações suficientes sobre os riscos de rompimento da barragem.

Invista melhor seu dinheiro: abra uma conta de investimentos na XP.

 

Contato