Em ultimas-noticias

Postura profissional é decisiva na construção de sua carreira

Profissional possui uma ótima experiência, mas não se adapta a nenhuma empresa. Por que isso acontece?

SÃO PAULO - Tanto para quem ingressa em seu primeiro emprego, quanto para quem está neste caminho há mais tempo, existem na vida profissional algumas regras bastante claras de "sobrevivência".

O motivo é simples: é fundamental o ajuste entre você e a empresa na qual trabalha. As funções que você exerce devem estar em linha com o que a empresa realmente necessita e espera do seu trabalho. Neste "casamento", um fator decisivo para o sucesso é a postura profissional.

Parceira da educação
Embora pareça óbvio, muitas pessoas deixam de dedicar sua atenção a este quesito praticamente obrigatório, o que as leva, inclusive, à perda do emprego.

Pode-se dizer que a postura profissional é parceira da boa educação que recebemos desde cedo: ou seja, quando ouvimos a orientação de respeitar os demais, saber se comportar em público, honrar compromissos e prezar pela organização nem imaginamos o quanto isso será empregado ao longo da nossa vida.

Preste atenção à sua volta, onde você trabalha. Existe sempre alguém mais despreocupado, sem ligar muito para o que fala, pouco comprometido com a disciplina e com as regras da empresa. Pode ter certeza que esta pessoa, mais cedo ou mais tarde, terá seu crescimento prejudicado justamente por esta postura, ou então será "convidada" a se enquadrar ao perfil esperado. Afinal, como a empresa poderá lhe confiar novas tarefas, ou até mesmo a liderança de um grupo, se age desta forma?

Vale deixar claro que não se prega aqui a bajulação, a conquista de um lugar ao sol a qualquer preço. Não é isso. O objetivo é lembrá-lo que, como em qualquer ambiente, existem regras a serem cumpridas, metas e uma política interna da qual você faz parte. Por isso, sua adaptação é mais do que esperada. Afinal, você foi contratado para isso.

Autocrítica e interesse
Caso você se questione sempre sobre suas atitudes e tenha uma boa dose de autocrítica, dificilmente terá problemas com relação a sua postura profissional. A preocupação constante em melhorar é ponto mais do que positivo neste caminho.

Outro item importante é o seu interesse, não só pelo que faz, mas pela atividade desenvolvida na empresa. Deve-se olhá-la como um todo e sentir-se comprometido com sua filosofia, com a forma de trabalho adotada.

Lembre-se que você é o maior responsável pelo seu crescimento profissional. Portanto, faça com que ele aconteça!

 

Contato