Stock Pickers

O que fazer quando os grandes gestores discordam?

Consenso é cada vez mais difícil entre gestores do mercado financeiro. O que o investidor deve fazer?

Aprenda a investir na bolsa

Com os juros nos menores patamares da história, o dólar nos maiores, a inflação em alta e o déficit fiscal assustando, encontrar consenso no mercado financeiro tem sido cada vez mais difícil.

Vamos tomar como exemplo três das maiores casas, que têm os gestores e maior renome e cerca de R$ 100 bilhões sob gestão: Verde, Adam e SPX.

Enquanto Márcio Appel, da Adam, mantém uma posição pré-fixada (enxergando que a curva de juros futuros pode achatar), Luis Stuhlberger, da Verde, prefere distância desse tipo de dívida enquanto Rogério Xavier, da SPX, aposta em uma alta da Selic.

Quer receber a Newsletter do Stock Pickers? Preencha o campo abaixo com seu nome e seu melhor email

Isso apenas quando o assunto é juros. Quando falamos de bolsas, câmbio e qualquer outro mercado, o que não faltam são discordâncias. 

Diante de tantas visões antagônicas resolvemos perguntar: o que o investidor deve fazer quando os grandes gestores discordam sobre tudo?

Quem responde é Felipe Relvas, especialista em alocação do MZR, no Coffee & Stocks desta segunda-feira. “Temos que dividir as diferenças entre as grandes opiniões dos gestores e as grandes posições dos fundos”.

Para ouvir a explicação completa, é só clicar no play.