Stock Pickers

Lula, Bolsonaro, ou 3ª via? Um ensaio de 2022 com Stuhlberger e Parreiras

Gestores da Verde trazem suas visões para as eleições de 2022.

(CONDADO DA FARIA LIMA) – Ainda falta mais de um ano para as próximas eleições presidenciais, mas a sucessão do Planalto já domina a pauta da Faria Lima há algum tempo. 

Com a polarização política, que já era a tônica entre os eleitores, transbordando para os Poderes da República, os gestores fazem contas e projeções.

Em 2018 o mercado financeiro tomou o lado de Jair Bolsonaro, mas no ano que vem parece que esse alinhamento não será automático.

O Stock Pickers conversou na última quinta-feira (26), durante a Expert XP 2021, com dois dos maiores nomes da indústria brasileira de fundos: Luis Stuhlberger e Luiz Parreiras, sócios da Verde Asset. E se nem os dois “Luises” convergem para o mesmo cenário esperado para 2022 (mesmo trabalhando juntos há quase 20 anos), imagina então como está o restante do mercado.

A Verde Asset possui atualmente R$ 55 bilhões em ativos sob gestão. É nesta gestora que existe o lendário Fundo Verde, criado em 1997 por Luis Stuhlberger e que rendeu mais de 18.000% desde sua criação. Já o Luiz Parreiras toca o fundo multimercado Verde AM Scena Advisory, que nos últimos 3 anos superou até o “carro-chefe” da casa: segundo estudo da XP, o Verde Scena rendeu 10,2% ao ano nos 3 anos compreendidos entre setembro de 2018 e agosto de 2021, contra rentabilidade de 7% ao ano do Verde AM X60 no mesmo período.

O Verde AM X60 está fechado para captação, mas o Verde AM Scena Advisory reabriu esta semana nas plataformas de investimentos, com aplicação mínima inicial de R$ 500 (leia mais sobre o Verde Scena aqui).