Coffee & Stocks

Inflação, recessão e juros altos: brasileiro não deve ter trégua em 2022

Economista-chefe da Armor Capital, Andrea Damico explica por que espera recessão em 2022.

Juros em alta, preços descontrolados e crescimento decepcionante: essa é a descrição macroeconômica do Brasil de 2021. E em 2022 vai continuar assim, segundo Andrea Damico, economista-chefe da Armor Capital.

Damico foi a convidada do Coffee & Stocks desta quarta-feira. No programa ela explicou seus cenários para 2022.

Para Damico o brasileiro vai pular o próximo Carnaval já com a Selic de volta nos dois dígitos. “No nosso cenário, o BC deve elevar a Selic em 400 pontos-base em duas reuniões”, diz. Assim, em janeiro a taxa básica de juros deve chegar a 11,75%.

Para ela, a persistência da inflação deve fazer o Brasil ficar de fora do crescimento no ano que vem. “O mundo deve crescer, mas o Brasil deve ter PIB negativo”, afirma. A previsão da Armor é de PIB em -0,4% em 2022.

Para assistir à conversa completa, é só clicar no play.