Stock Pickers

Fundos de crédito: o que está acontecendo com este mercado?

Stock Pickers

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

Dá para perder dinheiro na renda fixa? Sim, é possível. Estamos vendo agora esse movimento, que é parecido com o que vimos no final de 2019 (e que também foi comentado aqui no Stock Pills).

A mesma pergunta então se repete: Por que os fundos de crédito “high grade”, que investem em títulos de dívida de empresas de qualidade, tiveram rentabilidade negativa em março?

Para responder essa pergunta, convidamos Laurence Mello, sócio e gestor dos fundos de crédito da AZ Quest. Um dos fundos da casa sentiu na pele esse impacto em março: o fundo AZ Quest Luce teve rentabilidade negativa de 5,60% no mês – pode parecer pouco perto da queda de 30% do Ibovespa em março, mas certamente assustou alguns investidores.

Aprenda a investir na bolsa

No áudio do Stock Pills desta semana, ele explicou por que esse movimento de queda é mais por questão de fluxo do que por piores de fundamento e, por isso, a queda atual pode ser uma boa oportunidade para os fundos que possuem caixa para ir às compras dos ativos que sofreram marcação a mercado negativa.

O mercado brasileiro, assim como do mundo todo, foi em busca de liquidez durante essa crise, “passaram a mão no caixa” seja para despesas do dia-a-dia, ou até mesmo para comprar ativos de maior risco por conta da grande queda de preços que tivemos.

Esse movimento fez com que os gestores destes fundos tivessem que vender parte de seus ativos para entregar o dinheiro aos cotistas. Foi um fluxo muito forte de resgates, principalmente no início do mês, isso fez com que houvesse uma alteração forte nos preços dos títulos, em sua maior parte, debêntures.

Como a busca era por liquidez, o fluxo de compras caiu, quem tinha liquidez não queria gastar para comprar ativos, mesmo que o preço estivesse mais interessante, isso gerou uma dificuldade para os gestores realizarem as vendas dos papéis.

O ponto é: o mercado de crédito impacta a política monetária. Isso porque com o movimento de venda dos títulos, os preços caíram, mas na renda fixa quando o preço cai, a taxa sobe. Se uma empresa de grande porte está com um custo de dívida maior por conta disso, imagina o pequeno e médio, fica inviável para essas empresas se financiarem.

Por isso o Banco Central decidiu preparar um pacote de R$ 1,2 trilhão para gerar liquidez a estes mercados, como consequência, uma normalização dos preços e o custo dessas dívidas.

PUBLICIDADE

Porém, era preciso fazer mais, então foi proposta uma PEC para que o Banco Central pudesse fazer compras diretas neste mercado, seria o “quantitative easing brasileiro”. Essa medida seria uma “bazuca” para normalizar esse mercado e levar o custo das dívidas para valores que fazem sentido.

View this post on Instagram

Dá pra perder dinheiro na renda fixa? Sim, é possível. Estamos vendo agora esse movimento, que é parecido com o que vimos no final de 2019. A mesma pergunta então se repete: Por que os fundos de crédito "high grade", que investem em títulos de dívida de empresas de qualidade, tiveram rentabilidade negativa em março? Para responder essa pergunta, convidamos Laurence Mello, sócio e gestor dos fundos de crédito da AZ Quest. Um dos fundos da casa sentiu na pele esse impacto em março: o fundo AZ Quest Luce teve rentabilidade negativa de 5,60% no mês – pode parecer pouco perto da queda de 30% do Ibovespa em março, mas certamente assustou alguns investidores. O mercado brasileiro, assim como do mundo todo, foi em busca de liquidez durante essa crise, “passaram a mão no caixa” seja para despesas do dia-a-dia, ou até mesmo para comprar ativos de maior risco por conta da grande queda de preços que tivemos. Como a busca era por liquidez, o fluxo de compras caiu, quem tinha liquidez não queria gastar para comprar ativos, mesmo que o preço estivesse mais interessante, isso gerou uma dificuldade para os gestores realizarem as vendas dos papéis. O ponto é: o mercado de crédito impacta a política monetária. Isso porque com o movimento de venda dos títulos, os preços caíram, mas na renda fixa quando o preço cai, a taxa sobe. Se uma empresa de grande porte está com um custo de dívida maior por conta disso, imagina o pequeno e médio, fica inviável para essas empresas se financiarem. Por isso o Banco Central decidiu preparar um pacote de R$ 1,2 trilhão para gerar liquidez a estes mercados, como consequência, uma normalização dos preços e o custo dessas dívidas. Porém, era preciso fazer mais, então foi proposta uma PEC para que o Banco Central pudesse fazer compras diretas neste mercado, seria o “quantitative easing brasileiro”. Essa medida seria uma “bazuca” para normalizar esse mercado e levar o custo das dividas para valores que fazem sentido. Todas essas medidas vão fazer com que o mercado vá retomando, e isso gerará ganhos para as costas destes fundos se comparado ao que vemos hoje. Para ouvir na íntegra este Stock Pills, aumente o som!

A post shared by Stock Pickers (@stockpickers_) on