GlobalizAções

As frases de Warren Buffett você conhece. E a empresa dele?

As frases inspiradoras de Warren Buffett você conhece. Mas e a empresa dele, você sabe o que é?

Qualquer um que se interesse minimamente sobre o mercado de ações ou sobre investimentos já tropeçou, em algum lugar da internet, com frases motivacionais e inspiradoras do Warren Buffett.

Elas estão por toda parte e isso não é de se estranhar, afinal, Buffett tem uma média de retorno anual de cerca de 20% ao ano, há 56 anos. Como ele também é muito bom de frases, não demorou para ficar conhecido como o Oráculo de Omaha (cidade onde nasceu e vive até hoje).

Mas o investidor brasileiro realmente sabe sobre os negócios de Buffett? Quanto os investidores que leem frases incríveis do “Oráculo de Omaha” entendem a profundidade e a complexidade do gigantesco conglomerado que ele comanda?

E o mais importante: sabemos que os investimentos do Buffett lhe deram muito dinheiro, afinal ele vive no top dez dos maiores bilionários globais. Mas e para você, investidor comum que está aí de olho em BERK34, as BDRs da companhia?

É isso que exploramos no episódio 5 do GlobalizAções: Sobre Warren Buffett e Berkshire, muito além das frases inspiradoras.

As frases inspiradoras revelam muito sobre o estilo de investimentos de Buffett, mas nada sobre a complexidade ímpar da Berkshire. A companhia é formada por uma coleção de subsidiárias, que vão de fabricante de peças para aviação a doces, passando pela Duracell e por uma marca de roupas íntimas.

Leia também:
• Conheça a estratégia usada por Warren Buffett para chegar aos US$ 100 bilhões

Entre as subsidiárias também estão companhias de seguro, de energia e a maior rede ferroviária dos Estados Unidos. O resto da empresa é uma montanha de dinheiro de mais ou menos US$ 140 bilhões que Buffett e seus sócios não conseguem investir por não achar bons negócios.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aqui, então, vem a pergunta inevitável: Berkshire é ou não um bom investimento?

A resposta, como costuma acontecer, é: depende. Mas duas visões comuns no mercado, que explicamos abaixo, são indispensáveis para você ter sua própria opinião.

A primeira é a de que a companhia está há muito tempo com um caixa líquido enorme e simplesmente não consegue encontrar bons negócios que satisfaçam seus critérios de preço. Nem na pandemia, quando as economias despencaram e os preços de ações caíram pelo mundo, a companhia conseguiu fazer bons investimentos. A Berkshire, portanto, não tem conseguido alocar seu capital de modo eficiente e por isso não tem batido o S&P nos últimos anos.

A outra visão é a de que a companhia é extremamente diversificada, e que tem sim conseguido trazer valor para o acionista recomprando seus próprios papéis. Os gestores da Berkshire têm rentabilidade comprovada recorde e que sustenta em altos níveis há décadas. Quem melhor para cuidar do seu dinheiro que eles?

Para tirar a sua própria conclusão, escute o GlobalizAções clicando no play acima. E se você não abre mão das frases do Buffett, não se preocupe que colocamos algumas por lá.

Curso gratuito do InfoMoney mostra como você pode se tornar um Analista de Ações. Inscreva-se agora.