Stock Pickers

A história não se repete, mas rima: como a gestora quant Giant Steps conseguiu ganhar dinheiro na crise

Podcast

Fundos quantitativos podem até ser uma novidade no Brasil, mas nos EUA, dos 10 maiores fundos, 8 são quant. E como a novidade é boa, já que eles estão conseguindo ganhar dinheiro com toda essa crise recente, o Stock Pickers trouxe Rodrigo Terni, fundador e gestor da Giant Steps, para explicar como eles conseguiram ganhar dinheiro e porque  essa indústria quantitativa é tão promissora.

(Trouxemos aqui é uma força de expressão. Este é o primeiro episódio gravado em home estúdio do Stock Pickers, no qual todos os participantes gravaram de suas respectivas casas).

Os robôs da Giant entenderam que a chance de perda era maior que a chance de ganhar com bolsa esse ano, por isso, os fundos não tinham posição alguma em bolsa e ficaram com a maior posição comprada em dólar, cerca de 25% do fundo, a grande maioria restante ficou no caixa.

A história não se repete, mas rima.

Todas as teses de investimento, assim como os gestores tradicionais, são pautadas no passado, porém a tecnologia potencializa essa análise de dados, e possibilita testes com históricos de 100 anos para entender se realmente faz sentido aquele modelo de investimento.

Uma estratégia que não foi só vencedora agora, mas que em 8 anos espera ser a maior gestora independente do Brasil, realmente acredita na tecnologia como ferramenta para tomada de decisão, e Terni explica porque essa indústria é tão promissora, não só na geração de ganhos mas também na escalabilidade das estratégias.

Sonho grande, ousado o suficiente para Terni acreditar que Jim Simons, fundador e gestor da Renaissance Technologies, é mais importante para o mercado que o Warren Buffet. O futuro do mercado em um podcast, escute este episódio imperdível.

Aprendizados em tempos de crise: uma série especial do Stock Pickers com as lições dos principais nomes do mercado de ações. Assista – é de graça!