Coffee & Stocks

A combinação poderosa da carteira que nunca perdeu para o Ibovespa

Marcos Peixoto, CEO da XP Asset, é um dos defensores da filosofia do "preço importa" na bolsa.

Aprenda a investir na bolsa

No primeiro Coffee & Stocks especial Expert da semana, conversamos com Marcos Peixoto, CEO da XP Asset e um dos gestores de fundos de ações que pratica a filosofia do “preço importa” para investir em empresas. Para Peixoto, empresas “problemáticas” podem ser tão interessantes quanto empresas de qualidade, desde que o preço justifique o risco de carrega-las em carteira. “A gente não investe em empresa boa ou ruim, investimos no que achamos que vai subir”.

Essa filosofia de investimentos foi construída ao longo dos seis anos em que esteve no Banco BBM como “aluno” de Leonardo Linhares (nesta matéria você pode conhecer mais sobre ele), e quase seis anos como gestor do High Alfa no Itaú. Desde 2013 tocando os fundos de ações da XP, Peixoto gosta de montar uma carteira de ações combinando empresas de qualidade com aquelas que estão passando por alguma transformação (turnaround, na sigla em inglês) em seus negócios.  Desde 2014, o primeiro ano completo de Peixoto na XP Asset, a carteira do fundo não perde do Ibovespa.

Carteira

Exemplo disso é que o XP Investor, fundo master da XP Asset com mais de R$ 6 bilhões sob gestão, está comprado em B2W e Via Varejo. Enquanto B2W é uma empresa de qualidade que opera 100% no e-commerce, Via Varejo é um caso de turnaround com uma equipe de gestão nova em uma empresa que opera também no mundo físico. Nas duas teses, um consenso: ambas estão mais baratas do que Magazine Luiza.

“A Via Varejo vale menos que R$ 30 bilhões, enquanto a Magazine Luiza vale R$ 130 bi. Quando eu olho hoje a assimetria, ambas faturam a mesma coisa. Será que vale mais a pena ficar naquela que vale R$ 30 bi ou na de R$ 130 bi? Eu prefiro a de R$ 30 se eu confiar na gestão. Eu acho a assimetria de ficar na barata, mais interessante mesmo sabendo que tem mais riscos de execução”, disse Peixoto.

Já em relação à B2W, o gestor vê a empresa gerando caixa e valendo 30% menos que Magalu na métrica de valuation EV/GMV (múltiplo que mostra quanto a empresa vale sobre tudo o que vende na sua plataforma online já incluída a dívida líquida).

Assine a newsletter do Stock Pickers e receba nosso conteúdo por e-mail!

Além das duas, a carteira do fundo inclui nomes como: Banco do Brasil, Eletrobras, Bradesco, Marfrig, Equatorial, Lojas Renner, Copel, Sanepar, Qualicorp, C&A e Hypera.

Ibovespa vai além dos 100 mil pontos?

Quando perguntado sobre o que ainda comprar com o Ibovespa a 100 mil pontos, o gestor foi direto e reto: “O Ibovespa está barato. Metade do Ibovespa é Petrobras, Vale e Bancos. Essa parte ainda está barata porque ainda não andou. O que andou bem foram as Small caps.”

O gestor será, ao lado de Duda Rocha da Occam, um dos gestores convidados do painel “O que os melhores gestores pensam sobre o mundo pós Covid?” que o apresentador Thiago Salomão mediará no dia 17 de julho às 8h30 na Expert. Para se cadastrar no evento, clique aqui.

Confira tudo o que foi conversado no Coffee & Stocks de hoje clicando na imagem abaixo.

 

O Coffee & Stocks é transmitido todo dia útil ao vivo às 7:15 da manhã no Instagram do Stock Pickers. Ele é apresentado pelo co-criador do Stock Pickers, Thiago Salomão