Coffee&Stocks

5 pulos do gato que podem fazer a Petz subir ainda mais na bolsa

Petz pode ser a combinação perfeita da empresa que cresce num segmento que também cresce, segundo Alexander Cardoso, da Bahia Asset

Comprado em Petz (PETZ3) desde o IPO, Alexander Cardoso, da Bahia Asset, acredita que a combinação de baixo risco de execução e de diversas opcionalidades da empresa que domina o segmento de petshops no Brasil fazem da Petz o “cavalo” certo para aproveitar o crescimento do setor no país.

Confira abaixo os principais trechos da conversa que tivemos com ele no Coffee & Stocks desta sexta-feira.

O que é a Petz

A Petz é a varejista líder no segmento de petshops no Brasil. Finalizou o terceiro trimestre com 120 lojas espalhadas pelo país. É uma varejista de segmento especializado e se prepara para ser uma plataforma de soluções. Está em rápido crescimento e já se pode falar que é um varejista que trabalha em omnichannel (atua em vários canais de venda).

Deixe seu e-mail e receba a newsletter STOCK PICKERS toda semana!
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Os pulos do gato da Petz

1. Crescimento: Mercado de R$ 32 bilhões reais que está em “early stage”; Gasto do brasileiro, no segmento, muito atrás de outros países desenvolvidos;

2. Fragmentação: Há muitas lojas de pequenos empresários, que concentram metade do mercado;

3. Relação tutor versus animal em evolução: há 88 milhões de cães e gatos registrados no Brasil, o que é mais que o dobro de crianças e adolescentes. E esse número cresce 3% ao ano.

4. Pulo digital do gato: e-commerce: a Petz começou a digitalização em 2015 e, hoje, 25% da receita vem de digital. Dessa fatia, 80% está saindo via omnicanalidade);

5. Unit Economics: em média um cliente compra 7,5 vezes ao ano na Petz e o consumidor mais frequente compra 15 vezes ao ano.

Posição da Bahia em Petz

PUBLICIDADE

Sempre é difícil para o gestor manter posições intactas que sobem muito e de forma rápida. Petz foi listada a R$ 13,75 e hoje está na casa dos R$ 23. As pessoas tendem a destacar normalmente a performance positiva, mas, nesse caso especificamente, podemos destacar que fizemos uma boa operação (com sorte) e uma visão mais holística sobre o case. Entramos no IPO e aumentamos a posição em outubro e desde então estamos carregando.

Para frente, enxergamos um baixo risco de execução e muitas opcionalidades para “surfar” esse mercado.

BONUS: não deixem de ouvir o episódio #4 do Do Zero ao Topo da Letícia Toledo contando a história da Petz (clique aqui)