Stock Pickers

5 gráficos mostram por que a Verde acendeu o sinal amarelo para a economia brasileira

Se você investe no Brasil, invista os próximos 30 minutos do seu dia para ouvir tudo que o economista-chefe da Verde tem a dizer.

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

A última carta publicada por uma das casas mais importantes do Brasil, a Verde Asset, teve uma forte repercussão nas conversas do Condado. É leitura obrigatória para quem acompanha de perto o mercado. 

Aqui no Stock Pickers, já falamos dela nas nossas redes sociais e na nossa newsletter. Mas queremos nos aprofundar ainda mais. Por isso recebemos hoje, no Coffee & Stocks, Daniel Leichsenring, economista-chefe da Verde, para falar com mais profundidade sobre os aspectos centrais do relatório. 

No vídeo mostramos e explicamos cinco gráficos que estão na carta e que resumem os problemas fiscais do Brasil: gastos na pandemia, gastos na pandemia versus dívida pública, renda efetiva na pandemia, renda efetiva versus renda habitual por setores e renda efeitva por domicílio, antes e durante a pandemia.

Os gráficos estão no vídeo. É só navegar na barra vermelha para encontrar cada um deles e a explicação.

Os 3 principais pontos da carta:

1) O Brasil gastou como um país desenvolvido. Com exceção do Peru, todos os outros países que gastaram mais do que o Brasil são desenvolvidos e possuem taxa de juros menores do que a nossa (beirando zero).

Quer receber a Newsletter do Stock Pickers? Preencha o campo abaixo com seu nome e seu melhor email

2) É o fiscal. A alta fragilidade fiscal pré-existente combinada ao aumento de gastos no combate à pandemia é o grande problema que o Brasil enfrenta hoje do ponto de vista econômico. Os dados mostram que o gasto foi extremamente alto para um país com nosso nível de dívida.

3) O setor público praticamente não sentiu a crise. “Em maio, [o trabalhador do setor público] estava com 97% da renda habitual e, atualmente, está com 98%, praticamente não variou durante a pandemia”.

O Brasil, portanto, atuou mesmo sem ter margem de manobra.

“O gasto [do Estado brasileiro] foi extremamente alto para um país com nosso nível de dívida. Fizemos uma intervenção que o Chile e o Peru fizeram, mas eles tem 60 pontos percentuais a menos de dívida em relação ao PIB que o Brasil”, concluiu Leichsenring.

Se você investe no Brasil, invista os próximos 30 minutos do seu dia para ouvir tudo que o economista-chefe da Verde tem a dizer.